12/02/2012

Inter vence Caxias fora de casa

O Internacional venceu o Caxias por 2 a 0 na tarde deste domingo (12/02), no estádio Centenário, em Caxias do Sul. Os gols da vitória fora de casa foram de Dagoberto. O resultado na rodada deixa o Internacional na terceira posição do Grupo 1 da Taça Piratini, com dez pontos, restando dois jogos em casa, contra Cruzeiro e Pelotas, para serem disputados neste primeiro turno.


Dagoberto comemora seus dois primeiros gols vestindo a camisa do Inter

> Galeria de fotos da vitória

A força do time colorado

Com Índio recuperado das dores na cabeça que sentiu contra o Juan Aurich, o Inter foi ao jogo com todos seus titulares à disposição. Apenas Nei segue se recuperando de artroscopia no joelho, com Elton improvisado em seu lugar. Para o Caxias interessava continuar com a melhor campanha no Gauchão até o momento e garantir o primeiro lugar no grupo. Por isso, o time da Serra foi pra cima já nos primeiros instantes de partida, mas quando o Inter atacou, aos 5min, mostrou a força colorada. Oscar recebeu lançamento na esquerda e cruzou para Dagoberto escorar e abrir o placar no estádio Centenário.

Jogão: lá e cá

Enquando a torcida colorada ainda fazia a festa, o Caxias tentava responder ao gol colorado. Logo aos 8min, Vanderlei invadiu a área de Muriel e chutou cruzado. O goleiro do Inter tocou na bola antes dela caprichosamente carimbar a trave. Jogando em casa e com bom público a seu favor, o Caxias queria empatar, porém jogava contra um time de Libertadores. Aos 12min, Oscar aparou passe de D'Alessandro, invadiu a área adversária e bateu, o goleiro Paulo Sérgio fez grande defesa. Quase o Inter ampliou.

Pressão e inspiração vermelha

O time colorado começava a mostrar toda a sua inspiração. Kleber promovia passes perfeitos buscando Oscar no lado esquerdo de ataque. Aos 20min, Dagoberto soltou a bomba de longe e o goleiro mandou para escanteio. Depois, D'Alessandro fez jogada brilhante pela ponta esquerda, tentou colocar a bola entre as pernas de Paraná, que não aceitou e cometeu a falta. D'Ale iria invadir a área e partir em direção ao gol. Aos 22min, o Caxias ainda teve falta a seu favor, mas após a cobrança, Muriel segurou firme e não deu chance para o azar.


Inter de Kleber bloqueou os espaços do time da Serra

E o Caxias foi pra cima

Aos 27min, Vanderlei chutou de fora da área e Muriel encaixou a bola entre os braços. Um minuto depois, novo ataque caxiense e outra defesa do goleiro colorado, que espalmoua bola. Na sequência, Elton afastou e Rodrigo Moledo completou. O Caxias foi campeão gaúcho em 2000 e quer voltar a fazer bonito. Desejava o bom resultado contra o Inter para confirmar a liderança do seu grupo, o que garantirá vantagens nas finais da primeira fase do Gauchão deste ano. Já o Colorado, com um jogo a menos, buscava a vitória para encaminhar a classificação nos dois últimos jogos desta fase, contra o Cruzeiro e o Pelotas, na próxima quarta-feira e sábado respectivamente.

Show de Oscar e Dagoberto

Mesmo com a vitória parcial, o Inter não descansou em campo. Segurava o ímpeto do Caxias e buscava o ataque com passes precisos. Assim foi aos 35min, quando Dagoberto fez bela jogada, tabelou com Oscar e chutou cruzado para marcar seu segundo gol na tarde e com a camisa do Internacional. Inter 2 a 0. Um golaço! Nas arquibancadas, a torcida entoava o tradicional "vamo, vamo, Inter" e, aos 40min, gritava "Olé, olé". O Inter tocava a bola de um lado do campo para o outro. Havia colocado os caxienses na roda, como na brincadeira de 'bobinho'. Aos 45min, teve bate e rebate na área colorada, na última chance para o time da Serra na etapa inicial, no entanto Muriel ficou com a bola.


Leandro Damião sofreu forte marcação

Inter toma a iniciativa

Vencendo por 2 a 0, a equipe do técnico Dorival Júnior optou por atacar o Caxias no início da etapa final. No primeiro minuto, D'Alessandro fez bom lance e sofreu falta dura de Paraná, que resultou na estreia dos cartões amarelos no jogo. Logo após, o Inter tocava a bola buscando os melhores espaços para armar as jogadas e o time grená se defendia. Aos 5min, Rodrigo Moledo partiu do campo de defesa driblando os adversários, deu até um 'drible da vaca', mas a bola escapuliu perto do gol de Paulo Sérgio. E o Caxias apertou a marcação nos lances seguintes, a partida ficou mais equilibrada e disputada.

Jogada ensaiada para Damião

Aos 10min, D'Alessandro ia dominar a bola quando sofreu a falta com um pé alto do zagueiro do Caxias. Falta boa para o Inter. Da frente da grande área, o capitão colorado cobrou a falta rasteira buscando Damião, em jogada ensaiada, e o centroavante quase alcançou. Foi por pouco, mas valeu a tentativa para o gol do artilheiro. Fora isso, o jogo estava mais morno no segundo tempo e o Inter seguia vencendo por 2 a 0.

Fora de campo, espetáculo da torcida

Presente em bom número em Caxias do Sul, os torcedores colorados faziam a festa cantando a versão da conhecida música da banda Mamonas Assassinas: "Inter, estaremos contigo, tu és minha paixão...". No gramado, após longa troca de passes no ataque colorado, a bola sobrou para o pé direito de Guiñazu. Não era o pé preferecial, e o argentino chutou mesmo assim para o gol, arrancando aplausos da galera nas arquibancadas. A bola esbarrou no defensor e saiu para o lado. Se quisesse fazer qualquer substituição, Dorival Júnior tinha à disposição no banco de reservas Renan, Bolívar, Fabrício, João Paulo, Sandro Silva, Jô e Gilberto.

A chance do Caxias

Passando da metade da etapa final de partida, tanto a equipe da casa quanto o Inter fizeram substituições. O Caxias trocou três jogadores e no time colorado entraram João Paulo e Jô. Aos 28min, Fabinho fez boa jogada pela esquerda e cruzou. Na melhar chance para o Caxias no jogo, Vanderlei mandou por cima do gol de Muriel. Aos 33min, Wangler cortou para o meio e chutou forte da intermediária de ataque. A bola saiu pela linha de fundo. Aos 36min, Vanderlei chutou à queima roupa para defesa sensacional de Muriel. Depois disso, Fabrício entrou no time colorado, Kleber saiu para justo descanso, ainda mais se levarmos em consideração a importante vitória contra o Juan Aurich na última quarta-feira pela Libertadores. Em tempo, a competição sul-americana volta para o Inter no dia 8 de março, contra o Santos, fora de casa.

Administração da vitória fora de casa

No final da partida os jogadores colorados administravam o resultado conquistado ainda na primeira etapa com dois gols de Dagoberto, o Dagol. O time tocava a bola com maestria, utilizando quase toda a equipe, dos defensores aos atacantes, tendo sempre a participação do meio-campo com Guiñazu, Bolatti, Oscar e D'Alessandro. Aos 42min, Jô dominou lançamento e bateu cruzado pra fora. Já aos 44min, falta cobrada na área colorada e Muriel estava lá para segurar firme, afastando o perigo. Aos 45min, Jean levou o segundo amarelo e foi expulso por entrada dura em Bolatti. Mais três minutos de acréscimos e o árbitro terminou a partida com vitória colorada por 2 a 0. Dagoberto marcou seus dois primeiros gols com o manto sagrado colorado.

Vozes coloradas:

"Valeu pelo empenho, a equipe fez uma bela partida", avaliou Dagoberto.

"A gente conseguiu defender muito bem, a defesa está de parabéns, conseguimos atacar e ser contundentes na hora de fazer gols", disse o capitão D'Alessandro.

"A vitória de hoje foi contundente e sólida", afirmou Guiñazu.

"Temos que exaltar sempre o grupo, todos estão sempre dando força pra gente. Temos que seguir trabalhando com humildade e honrando esta camiseta", concluiu Índio.

"Muita coisa precisa ser corrigida, temos de ter consciência de que foi apenas um bom jogo. Uma atuação segura, com posse de bola, mobilidade e movimentação. Só uma sequência de jogos nos dará o equilíbrio", avaliou o técnico Dorival Júnior.

Ficha técnica:

Caxias (0): Paulo Sérgio; Alisson, Lacerda, Jean e Fabinho; Umberto, Paraná (Michel), Mateus e Diego Torres (Everaldo); Caion (Wangler) e Vanderlei. Técnico: Paulo Porto.

Internacional (2): Muriel; Elton, Rodrigo Moledo, Índio e Kleber (Fabrício); Bolatti, Guiñazu, Oscar, D'Alessandro e Daboberto (João Paulo); Leandro Damião (Jô). Técnico: Dorival Júnior.

Gols: Dagoberto (I), aos 5 e aos 35min do primeiro tempo.

Cartões amarelos: Paraná (C), Dagoberto (I), Guiñazu (I), Jean (C), duas vezes, e Lacerda (C). Vermelho: Jean (C).

Arbitragem: Jean Pierre, auxiliado por João de Souza e Maurício Coelho.

Local: estádio Centenário, em Caxias do Sul.


Outras notícias
Loja Virtual