05/02/2012

Com time reserva, Inter arranca empate no Olímpico

O Internacional foi ao Olímpico com seu time reserva – os titulares estão mobilizados para a estreia na fase de grupos da Libertadores – e empatou em 2 a 2 com o Grêmio no clássico disputado na noite deste domingo, pela quinta rodada do Gauchão. O estreante Dáloto abriu o placar para o Colorado aos 21min do primeiro tempo, mas Marcelo Moreno e Marquinhos viraram ainda na etapa inicial. No segundo tempo, aos 29min, Bolívar igualou o marcador na casa do rival.


Bolívar marcou um gol de cabeça e buscou o empate na casa do rival

O resultado deixa o Internacional na terceira posição do Grupo 1 da Taça Piratini, com sete pontos, restando três jogos para serem disputados neste primeiro turno – Caxias (fora), Cruzeiro (casa) e Pelotas (casa).

> Galeria de fotos do clássico

Inter escala equipe de reservas

O Inter foi a campo com uma equipe de suplentes, apenas com Muriel de titular, já que o time principal treinou pela manhã visando o confronto diante do Juan Aurich, na próxima quinta-feira, pela Libertadores. Chance então para vários jogadores que costumeiramente não atuam na equipe titular. E chance também para alguns reforços estrearem. Dátolo começou jogando, enquanto Fransérgio e Mike entraram na etapa final, vestindo pela primeira vez a camisa colorada.

Time da casa começa pressionando

O Grêmio com seu time principal tratou de tentar pressionar no começo do jogo. O Inter se segurava bem e ameaçava quando tinha a posse de bola. Aos 7min, Marcelo Moreno tocou de cabeça para Leandro marcar o gol, mas o juiz anulou o lance por impedimento corretamente. Aos 14min, Mario Fernandes fez boa jogada, foi à linha de fundo e cruzou para Marcelo Moreno concluir. A bola tocou na cabeça de Bolívar, que salvou gol certo.

Dátolo cala o Olímpico

Aos 21min, o meia argentino Dátolo, que vinha sendo um dos destaques do time com boa movimentação, arriscou da intermediária, a bola desviou em Grolli e entrou. Gol do meia argentino logo na sua estreia, logo em Gre-Nal. O jogador saiu correndo na comemoração em direção à torcida colorada, enquanto o Olímpico silenciava com a vantagem do Inter.


Meia argentino Dátolo estreou marcando gol no clássico

Empate em gol sem querer

Aos 24min, começaram os problemas de lesão do time da casa. Júlio César deixou o gramado para a entrada de Bruno Colaço. Aos 28min, Marquinhos cobrou falta inexistente em direção à área, a bola passou por todos e entrou no cantinho, enganando Muriel. No intervalo, o meia gremista admitiu que tentou cruzar e acabou marcando o gol. Três minutos depois, Leandro Vuaden resolveu marcar pênalti duvidoso de Josimar sobre Kléber. Os dois se puxaram na área, e o juiz decidiu beneficiar o Grêmio com a penalidade. Na cobrança, aos 33min, Moreno acertou o cantinho e virou o jogo.

Muriel começa a brilhar

Aos 36min, Muriel evitou o terceiro gol gremista com defesa salvadora. Fernando fez boa jogada, entrou na área e chutou de pé canhoto para grande intervenção do goleirão colorado. Aos 41min, Fabrício tocou em Jô, na área. O centroavante girou e concluiu rasteiro para boa defesa de Victor. Aos 44min, outra lesão no Grêmio: saiu Mario Fernandes, com lesão no ombro, para a entrada de Gabriel.

Segundo tempo de domínio colorado

O Inter voltou para a etapa final em busca do gol de empate. O Grêmio se retraiu e tentou aproveitar espaços para o contra-ataque. Aos 21min, volante Fransérigio entrou no lugar de Dátolo, no Inter, que fez boa estreia no Inter. Em seguida, Fred foi ao gramado na vaga de Gilberto. No mesmo minuto, Fernando cobrou falta com muito perigo, e a bola passou perto do ângulo. Aos 23min, Moreno arriscou de fora da área e Muriel salvou pra escanteio.

Inter ameaça na bola parada e empata

O Inter seguia pressionando e buscando o gol pela bola parada. Aos 28min, João Paulo cobra falta para Jô cabecear para o gol, mas bem onde Victor estava. Uma pena. Um minuto depois, a justiça no placar. João Paulo cobrou falta com muita qualidade para Bolívar cabecar forte e marcar o seu primeiro gol em clássicos Gre-Nais. Festa colorada em pleno Olímpico.


Bolívar comemora o gol de empate

Muriel garante o resultado com milagres

Aos 30min, Collaço cruzou da esquerda para Moreno cabecar e Muriel salvar novamente. Aos 34min, Mike estreou no Inter na vaga de João Paulo. Aos 38min, Josimar sentiu lesão, mas não podia sair porque o time já tinha feito as três substituições. Heroicamente, o jogador ficou no campo até o final. Aos 43min, Fernando chutou forte de fora da área para grande defesa de Muriel. Aos 45min, um milagre no Olímpico: Gabriel cruzou da direita, Moreno ajeitou de cabeça para Kléber, de frente para o gol, cabecear à queima-roupa para defesa inacreditável de Muriel. Aos 47min, a bola sobrou para Kléber concluir para nova defesa importante do goleirão colorado, o nome do jogo!

Vozes coloradas

"Foi um grande resultado conseguir o empate aqui dentro. Hoje atuaram jovens jogadores que sequer tinham vestido a camisa do Inter ainda. Por tudo isso foi um bom resultado. O sabor de fazer um gol em Gre-Nal também é ímpar", comemorou Bolívar.

"Foi um empate com sabor de vitória. Mais uma vez vemos a força do nosso grupo. Jogadores de 17 anos estreiando no Gre-Nal e mostrando muita personalidade", elogiou o volante Sandro Silva.

"Merecíamos a vitória, pois a arbitragem do Leandro Vuaden, que é um grande árbitro, foi lamentável hoje. Marcou um pênalti inexistente. Tinha que ter marcado então em cima do Jô, que sofreu entradas iguais. Hoje o Inter provou que o seu time reserva é mais forte do que o do Grêmio", disse o vice-presidente de futebol Luís Anápio Gomes. 

Ficha Técnica:

Grêmio (2): Victor; Mário Fernandes (Gabriel), Naldo, Douglas Grolli e Júlio César (Bruno Colaço); Fernando, Marquinhos (Gilberto Silva), Marco Antônio e Leandro; Kléber e Marcelo Moreno. Técnico: Caio Júnior.

Internacional (2): Muriel; Elton, Bolívar, Jackson e Fabrício; Sandro Silva, Josimar, João Paulo (Mike) e Dátolo (Fransérgio); Gilberto (Fred) e Jô. Técnico: Dorival Júnior.

Gols: Dátolo (I), aos 21min do primeiro tempo. Marquinhos (G), aos 28min do primeiro tempo. Moreno (G), aos 33min do primeiro tempo. Bolívar (I), aos 29min do segundo tempo.

Cartões amarelos: Elton, Josimar, Bolívar (I), Naldo (G).

Público: 19.386. Renda: R$ 390.000,00.

Arbitragem: Leandro Vuaden, auxiliado por Julio Cesar dos Santos e José Franco Filho.

Local: Olímpico, Porto Alegre.


Outras notícias
Loja Virtual