31/01/2012

Pela vaga em Manizales

Por Alexandre Corrêa (texto) e Alexandre Lops (fotos)
De Manizales

O sonho de buscar uma América Trivermelha passa pelo estádio Palogrande, em Manizales, onde nesta quarta-feira a partir das 19h (22h de Brasília) o Internacional enfrenta o Once Caldas por uma vaga à próxima fase da Copa Libertadores. O Inter venceu o primeiro jogo disputado quarta-feira no Beira-Rio por 1 a 0 e joga por empate ou derrota por um gol, desde que faça o seu, para avançar à fase de grupos. O vencedor desta série irá enfrentar um grupo com Santos, Juan Aurich (Peru) e The Strongest (Bolívia).

Para seguir buscando mais um título de Libertadores, o time colorado vai com a sua força máxima possível. O meia D´Alessandro, destaque do primeiro jogo, é uma das principais esperanças da torcida colorada na partida desta quarta-feira. Na partida de ida, deu passe genial para gol de Leandro Damião, que garantiu a vitória.


D´Alessandro é uma das armas coloradas para o jogo decisivo

Dúvidas
O técnico Dorival Júnior tem duas dúvidas, porém: o lateral Nei e o atacante Dagoberto se recuperam de lesões e ainda não foram confirmados. Nei participou apenas de uma parte do treinamento, enquanto Dagoberto treinou mais tempo. A definição, porém, apenas na hora da partida, pois o departamento médico precisa verificar como os dois jogadores vão reagir durante o dia. Em caso de veto, deverão ser substituídos por Elton, na lateral, e Tinga ou Gilberto, na vaga de Dagoberto.


Dagoberto treinou em Manizales e tem chances de começar a partida

Treinamento de reconhecimento
O Inter realizou o seu treino de reconhecimento nesta terça-feira no Estádio Palogrande, em Manizales. O treinamento serviu principalmente para adaptação ao gramado e à velocidade da bola, que sofre alterações na altitude - Manizales está a 2,1 mil metros acima do nível do mar.

O treinador trabalhou toques de bola, movimentação, conclusões, cruzamentos e lançamentos, procurando simular várias situações que os jogadores podem encontrar durante o difícil confronto desta quarta-feira. "Sabemos que o Once Caldas é uma grande equipe, que já foi campeã da Libertadores, mas precisamos jogar com personalidade e sair para atuar como se estivéssemos em casa", projetou o volante Bolatti, um dos três argentinos que vão a campo hoje com a camisa colorada, ao lado de Guiñazu e D´Alessandro.


Bolatti (D) acredita que Inter tem que atuar com personalidade

Interesse da imprensa colombiana
A imprensa local foi em peso ao treino de reconhecimento. O Inter atrai bastante a atenção dos colombianos, que consideram o clube gaúcho como uma potência do Brasil. O presidente Giovanni Luigi, o diretor técnico Fernandão, o técnico Dorival Júnior e o volante Bolatti concederam entrevista aos jornalistas. O presidente falou em espanhol fluente, inclusive.


Presidente Giovanni Luigi (D) deu entrevistas em espanhol fluente

Adversário
O técnico do Once Caldas Pompilio Paez não adiantou se vai começar com três ou quatro zagueiros diante do Inter. Se atuar com três devem ir a campo Amaya, Acosta e Alvarez, como aconteceu em boa parte do jogo de Porto Alegre. Se optar pela linha de quatro, devem começar Ramos, Amaya, Acosta e Casierra.

O Once Caldas treinou cobranças de pênaltis com bom aproveitamento para o caso de a decisão terminar 1 a 0 para o time da casa. "Vai ser difícil, pela qualidade do Inter, mas não impossível. Vamos procurar manter a posse de bola como fizemos em boa parte do jogo em Porto Alegre e trabalhar bem ela"', disse Paez.

Regulamento
Empate e derrota por um gol de diferença desde que marque dão a classificação ao Inter. O Once Caldas precisa de dois gols de diferença. Se vencer por 1 a 0 a decisão vai para a disputa de pênaltis.

Estádio repleto
O Estádio Palogrande, que pertence à prefeitura de Manizales, deve receber mais de 30 mil torcedores pois a procura por ingressos foi grande. O Inter deve estar representado por cerca de 200 torcedores (os 80 que viajaram na delegação mais gaúchos e brasileiros que moram pela região).

O estádio é bonito, coberto, com boa iluminação, todo os espectadores ficam sentados em cadeiras ou camarotes e ainda contém os adesivos e logotipos da Fifa pela disputa do Mundial Sub-20 no ano passado. A grama é de boa qualidade, mas está um pouco alta - o que pode ser uma estratégia do time da casa para desgastar os adversários.


Estádio Palogrande deve receber mais de 30 mil torcedores

 


Outras notícias
Loja Virtual