10/04/2005

INTER EM VANTAGEM NA BUSCA PELO TETRA

O Internacional está a um empate do Tetracampeonato Gaúcho. Em um Beira-Rio lotado, o time colorado derrotou o 15 de Novembro na tarde deste domingo por 2 a 0, gols de Sobis e Tinga, na primeira partida das finais da competição. Agora, o Inter pode empatar no jogo de volta, no próximo domingo, em Campo Bom, para conquistar o título.

O jogo

O Beira-Rio estava repleto de colorados confiantes do Tetra. A multidão era tão grande que havia torcedores entrando no estádio até o final do primeiro tempo. Com grande parte dos setores lotados do Beira-Rio e com todos os ingressos vendidos, a direção do Inter agiu rápido e liberou o portão 15 para os torcedores que estavam do lado de fora. Assim, todos puderam assistir à primeira partida da grande decisão. No final, mais de 42 mil pessoas estiveram presentes no Gigante.


Torcida colorada lotou o Beira-Rio na decisão do Gauchão

A partida começou equilibrada. O time de Campo Bom tocava bastante a bola e procurava esfriar o ritmo do Inter, que, por sua vez, tentava as jogadas em velocidade e pelos lados do campo toda vez que tinha a posse de bola. O time colorado se postava bem atrás e saía rápido para os contra-ataques com Fernandão e Sobis segurando a bola na frente para a chegada dos alas e dos meias. Sobis, por sinal, se movimentava bastante e confundia os zagueiros adversários com dribles e arrancadas.

Em uma delas, aos 2min30seg, Sobis fez grande jogada pela esquerda, avançando até a área do 15, driblando o zagueiro Marcão e chutando por cima, com muito perigo. Aos 9min, Edmílson concluiu de fora da área para defesa fácil de André. Os atacantes do 15 buscavam sair da área para os lados em busca de espaços, mas sempre eram bem marcados pelo bom sistema defensivo colorado.


Sobis marcou seu quarto gol na temporada

Aos poucos, o Inter foi se soltando e passou a dominar o jogo com um envolvente toque de bola com Fernandão, Sobis, Tinga, Wellington e os alas Granja e Jorge Wagner, este de ótima atuação. Por vezes, até os zagueiros apareciam no ataque com Índio, pela direita, e Vinícius, pela esquerda.

Aos 14min40seg, Rafael Sobis deu grande passe para Jorge Wagner chutar rasteiro. O goleiro Márcio defendeu, mas soltou a bola, afastando ela com os pés. Aos 17min50seg, Tinga tabelou com Fernandão e cruzou, mas ninguém conseguiu alcançar a bola na pequena área.

A festa vermelha começou aos 18min40seg, quando Vinícius cruzou, Fernandão ajeitou de cabeça para Sobis só completar, também de cabeça, para o gol: 1 a 0. Foi o quarto gol de Sobis na temporada, o terceiro no Gauchão. Aos 21, nova explosão de alegria nas arquibancadas. Rafael Sobis, também de boa atuação, foi lançado na intermediária, atrás dos zagueiros. O atacante driblou o goleiro e recuou a bola para Élder Granja. O ala, com grande visão, tentou encobrir o goleiro, que conseguiu desviar a bola com a ponta dos dedos. A bola tocou no travessão, na trave e sobrou para Tinga só empurrar para o gol com o pé esquerdo: 2 a 0. Foi o sexto gol na temporada de Tinga, o vice-artilheiro da equipe no ano.


Chute de Elder Granja acerta o travessão e a trave...


na sobra, Tinga chuta para ampliar: 2 a 0

Aos 26, quase saiu o terceiro gol. Depois de cobrança de escanteio, a bola sobrou para Fernandão chutar no canto para fora. Aos 25min50seg, o time de Campo Bom respondeu com uma cobrança de falta de Luizinho Vieira, que passou muito perto da goleira de André. Aos 40, Índio saiu lesionado deixando o lugar para Wilson. Aos 41min30seg, Jorge Wagner de fora da área chutou forte para fora.


No intervalo, o técnico do 15, Leandro Machado, retirou os meias Luizinho Vieira e Gérson e promoveu a entrada de Júlio Rodrigues e Cadu. A equipe adversária melhorou um pouco para a etapa final e passou a ameaçar mais o gol de André. Só que o Inter não arrefeceu e continuou muito perigoso nos contra-ataques.


Jorge Wagner: mais uma grande atuação

Aos 3 minutos, Jorge Wagner cobrou falta e Márcio defendeu. Aos 5min40seg, Tinga foi lançado na área e chutou forte para boa defesa de Márcio. Aos 7, Tinga, outro destaque colorado, cruzou para Fernandão chutar e Márcio salvar em grande saída do gol. Dois minutos depois, Júlio Rodrigues recebeu lançamento chutar rasteiro para grande defesa de André.

Aos 22min30seg, Gavilán cobrou falta e Wilson cabeceou livre para fora. Dois minutos depois, Vinícius chutou de fora da área na rede pelo lado de fora. No minuto seguinte, Cadu chutou da entrada da área por cima em um lance de perigo. Aos 28, Flávio saiu para entrar Maico. Um minuto mais tarde, Jorge Wagner fez jogada sensacional, dando uma meia-lua em Júlio Rodrigues, tabelando com Fernandão e chutando para grande defesa de Márcio.

Aos 34, Granja tocou para Wilson chutar cruzado e Márcio defender para escanteio. Aos 37min30seg, Patrício cruzou e André defendeu bem. No minuto seguinte, Sobis avançou pelo meio e chutou para fora. Aos 40, Cadu pegou rebote na entrada da área e concluiu com muito perigo. Aos 42, Rafael Sobis foi substituído por Diogo e saiu bastante aplaudido de campo. Depois disso, o Inter tocou a bola e segurou a vantagem nas finais.


Inter conquistou vantagem na busca pelo tetra

"Fomos superiores hoje, mas o 15 é uma equipe muito qualificada", elogiou o presidente Fernando Carvalho, depois da partida.

"Tirei um peso das minhas costas", afirmou Rafael Sobis, falando sobre o gol marcado na partida.

"O nosso time tem caráter. A vitória foi dos nossos jogadores que saíram de uma situação muito ruim, levantaram e deram a resposta", disse o técnico Muricy Ramalho, referindo-se à campanha de recuperação no Gauchão, depois de um começo irregular.

Internacional (2): André; Índio (Wilson), Edinho e Vinícius; Granja, Gavilán, Tinga, Wellington e Jorge Wagner; Rafael Sobis (Diogo) e Fernandão. Técnico: Muricy Ramalho.

15 de Novembro (0): Márcio; Patrício, Marcão, Ediglê e Cristiano; Edmílson, Perdigão, Gerson (Cadu) e Luizinho (Júlio Rodrigues); Flávio e Dauri. Técnico: Leandro Machado.

Gols: Rafael Sobis (I), aos 18min40seg do primeiro tempo, Tinga (I), aos 21min do primeiro tempo. Cartões amarelos: Perdigão, Patrício (15) e Gavilán (I). Público: 42.436 (34.557 pagantes). Renda: R$ 374.392,00. Arbitragem: Leandro Vuaden, auxiliado por Sérgio Cordeiro Filho e José Franco Filho. Local: Estádio Beira-Rio.

Fotos: Daniel Boucinha


Outras notícias
Loja Virtual