02/10/2011

Inter perde na Arena da Baixada

Por Aleco Mendes
e Alexandre Lops (fotos de Curitiba)

O Internacional perdeu por 2 a 0 para o Atlético-PR, na Arena da Baixada, em Curitiba. A partida foi válida pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o time colorado segue na sétima colocação na tabela da competição. Na próximo rodada, o Inter recebe o Vasco, no Beira-Rio.

O time comandado por Dorival Júnior entrou em campo com alguns desfalques. Andrezinho, Kleber e Rodrigo Moledo estavam suspensos. Elton e Leandro Damião, além de Zé Roberto e Ilsinho, seguem lesionados. Com isso, Bolívar, Bolatti, Fabrício e Ricardo Goulart ganharam uma chance entre os titulares. Todos sabiam que o jogo seria difícil, pois o Atlético-PR luta contra o rebaixamento. Além disso, o gramado era mais um adversário.


Inter, de Ricardo Goulart, lutou bastante em busca da vitória fora de casa, mas desta vez não deu

A torcida colorada, como sempre faz no Paraná, marcou presença e apoiou o time. O Inter jogou melhor a partida toda, no entanto em dois lances o time da casa levou a melhor e construiu seus gols da vitória por 2 a 0. Ambos marcados por Nieto no segundo tempo. Domingo que vem, às 16h, o Inter enfrentará o líder do Brasileirão no Beira-Rio. O Colorado buscará uma vitória contra o Vasco para seguir na briga por uma vaga na Libertadores 2012.


A torcida colorada marcou presença, como sempre, e apoiou o time do Inter o tempo todo

Inter começa pressionando

O time colorado entrou em campo pensando só na vitória para se aproximar dos líderes do campeonato. Assim, aos 4min, Bolatti tentou a jogada buscando Jô dentro da área, mas a zaga adversária afastou a bola. No minuto seguinte, Oscar fez a jogada pela direita e cruzou também buscando Jô. Quando o atacante daria o toque para o fundo do gol o zagueiro chegou antes e mandou para escanteio. Seguiu desta forma, aos 8, 9 e 10 minutos, quando Fabrício tentou, D'Alessandro - em meio aos objetos jogados pela torcida paranaense em campo - e Jô chutaram, o goleiro Renan Rocha segurou firme.

Paulo Baier tentava na bola parada

O Atlético tinha até então apenas as cobranças de faltas de Paulo Baier como tentativas de ataque. Na metade do primeiro tempo o jogo ficou mais equilibrado, apesar do domínio colorado nos instantes iniciais. As melhores chances foram gaúchas, o time da casa tentava atacar sob forte marcação do Inter.

Jô, Fabrício, D'Alessandro e Oscar buscaram o gol

Aos 24min, o lateral esquerdo colorado avançou e soltou a bomba cheia de efeito, a bola saiu próxima do ângulo do goleiro. Depois o mesmo Fabrício cruzou na cabeça de Jô, que mandou para fora, tirando tinta da trave. O Inter seguiu com mais chances de gol, D'Alessandro arriscou com o pé direito, não funcionou. Aos 40min, D'Alessandro cobrou falta usando jogada ensaiada. Oscar recebeu o passe e chutou para o gol, mais uma que passou perto da trave. O árbitro terminou o primeiro tempo: 0 a 0.


D'Alessandro (C) tenta a jogada sob forte marcação de dois adversários, observado por Guiñazu

Etapa final com cara de vitória colorada

O Inter foi pra cima no segundo tempo. O Furacão voltou com modificações, pois o time está desesperado querendo fugir da zona de rebaixamento. Aos 3min, Ricardo Goulart apareceu na frente do goleiro e chutou, já tinha impedimento marcado. Depois, Oscar teve chances aos 5 e 6min, porém a bola saiu pela linha de fundo. Aos 7min, Ricardo Goulart parou mais uma vez no goleiro Renan Rocha. Passado um minuto, o lance polêmico: belo passe de Ricardo Goulart para Jô, que chutou cruzado e marcou o gol. O árbitro errou ao marcar impedimento e prejudicar o Inter.

A tarde não era do Inter

Apesar da pressão colorada em jogo que Nei completava 100 jogos com a camisa do Inter e Bolívar o expressivo número de 300 vestindo o manto vermelho, a bola não entrava. Aos 13 minutos veio o cruzamento na área gaúcha e Nieto acabou fazendo de cabeça o gol do Atlético-PR. Sem chances para Muriel. Após o gol paranaense, o Inter não desistiu, Dorival colocou em campo Alex e João Paulo. Aos 29min, João Paulo cruzou na área, Fabrício dominou e tocou para a cabeça de Jô, que cabeceou pra fora. Quase o empate colorado! Aos 33, novo cruzamento de João Paulo, Bolívar foi puxado e o árbitro não marcou o pênalti. Aos 38min, bola na área colorada e Nieto marca mais uma vez de cabeça e sacramentou o placar. João Paulo e Nei ainda tentaram nos acréscimos, não deu. O Inter perdeu por 2 a 0.

Declarações

"Temos que levantar a cabeça, pois todos sabem que aqui o Atlético agride bastante e infelizmente eles saíram com a vitória", disse Jô.

"Jogamos bem, mas não conseguimos reverter em gol, criamos as oportunidades e não fizemos", avaliou Nei.

Ficha técnica

Atlético-PR (2): Renan Rocha; Edilson, Manoel, Fabrício e Paulinho (Marcinho); Renan (Fransérgio), Cleber Santana, Marcelo Oliveira e Paulo Baier; Guerrón (Wendel) e Nieto. Técnico: Antonio Lopes.

Internacional (0): Muriel; Nei, Bolívar, Juan e Fabrício; Bolatti, Guiñazu (João Paulo), D'Alessandro, Oscar e Ricardo Goulart (Alex); Jô. Técnico: Dorival Jr.

Gols: Nieto (A), aos 13 e aos 38 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos: Guiñazu (I), Renan (A) e Guerrón (A).

Arbitragem: Paulo César de Oliveira (FIFA-SP), auxiliado por Alessandro de Matos (FIFA-BA) e Emerson de Carvalho (FIFA-SP)

Local: Arena da Baixada, Curitiba


Outras notícias
Loja Virtual