03/04/2005

INTER DECIDE TÍTULO COM O 15 DE NOVEMBRO DE NOVO


Wilson (camisa 3) comemora o gol da vitória sobre o Juventude: 1 a 0 

Pela terceira vez nos últimos quatro anos, o Internacional irá decidir o título gaúcho com o 15 de Novembro, de Campo Bom. As partidas finais serão no dia 10 de abril, no Beira-Rio, e no dia 17 de abril, em Campo Bom. Neste domingo, o Inter derrotou o Juventude por 1 a 0, gol de Wilson, na última rodada do Grupo 5 dos quadrangulares semifinais.

O jogo

A vitória deste domingo foi a terceira consecutiva no Gauchão. O Inter fechou o quadrangular semifinal, no Grupo 5, com uma excelente campanha de cinco vitórias e apenas uma derrota. Foi a melhor campanha entre os oito times que disputaram os quadrangulares. Em seis partidas, marcou 13 gols e sofreu seis. A partida marcou também a terceira vitória consecutiva do Inter sobre o Juventude.

Já classificado antecipadamente para a final do Gauchão, o Inter entrou em campo na tarde deste domingo com um time sem vários titulares. O técnico Muricy Ramalho poupou a maioria dos jogadores da equipe principal e deu oportunidades a outros atletas. Com isso, ganharam chance o goleiro Renan, o ala Pedro, o volante Maycon, entre outros. Na frente, os gêmeos Diego e Diogo formaram o ataque, relembrando os tempos em que atuavam juntos nas categorias de base. Em campo, o goleiro Renan demonstrou segurança e bom posicionamento nas saídas do gol. Já Maicon, o outro estreante no time principal, tinha muita disposição no meio-campo.


Diogo atuou ao lado do irmão gêmeo Diego

A primeira etapa foi sem muitas emoções. Os dois times tocavam bastante a bola, mas não conseguiam criar muitas chances. A 1min30seg, Diogo tocou para Rodrigo Paulista chutar e o goleiro Douglas defender. O Juventude respondeu aos sete minutos, quando Juliano, de fora da área, chutou com perigo para fora.

Nos últimos 10 minutos, o jogo melhorou um pouco. Aos 37min, Diogo recebeu lançamento, driblou o volante Adriano e chutou de pé direito para grande defesa com os pés de Douglas. Aos 39min50seg, Valentim cruzou e Enílton cabeceou livre para fora, perdendo chance para o time da Serra. Aos 44min50seg, Enílton teve outra oportunidade de cabeça, depois de escanteio, mas a bola foi fraca. Aos 45min20seg, Diego driblou o zagueiro na área, pela esquerda, e cruzou na medida para Diogo chutar por cima, na última chance do primeiro tempo.

O segundo tempo apresentou mais oportunidades de gol. O Inter passou a buscar mais as jogadas pelas laterais. Aos 9min50seg, Diego avança em velocidade até a área e concluiu por cima. Aos 12min30eg, Pedro, de boa atuação na etapa final, cruzou para Diogo desviar e Douglas fazer defesa excelente com os pés. Aos 18, Pedro deu ótimo lançamento para Diego, que entrou na área e chutou no corpo de um zagueiro.


Wilson marcou o gol da vitória colorada

Aos 21min20seg, o Inter marcou o gol da vitória. Pedro cobrou falta da esquerda e Wilson cabeceou forte para fazer 1 a 0. O Juventude tentou reagir com um chute de Enílton, na grande área, para defesa espetacular de Renan, aos 30min50seg. Três minutos depois, Diogo deixou o gramado para dar vaga a Wellington. Aos 34, em cobrança de escanteio, Enílton cabeceou com perigo. Aos 45min20seg, Diego fez grande jogada pela direita e cruzou para Rodrigo Paulista rolar até Wellington, que chutou por cima. Foi a última chance da partida.

Internacional (1): Renan; Wilson, Sangaletti e Edinho; Pedro (Bolívar), Augusto Recife, Maycon (João Guilherme), Rodrigo Paulista e Galego; Diego e Diogo (Wellington). Técnico: Muricy Ramalho.

Juventude (0): Douglas; Picoli, Naldo e Edu Silva; Valentim (Márcio), Fagner, Adriano, Juliano e Zé Rodolpho (Rodrigo); Enílton e Zé Carlos (Marcelo). Técnico: Ivo Wortmann.

Gol: Wilson (I), aos 21min20seg do segundo tempo. Cartões amarelos: Sangaletti, Augusto Recife e João Guilherme (I), Adriano e Enílton (J). Público: 7.157. Renda: R$ 37.098,00. Arbitragem: Vinícius Costa, auxiliado por Altemir Hausmann e José Franco Filho. Local: Estádio Beira-Rio.

Fotos: Daniel Boucinha


Outras notícias
Loja Virtual