17/08/2011

Inter vence Botafogo na estreia de Dorival Júnior

Com um gol salvador de Leandro Damião no segundo tempo, o Internacional venceu o Botafogo por 1 a 0 na noite desta quarta-feira, no Beira-Rio, em partida válida pela 17ª rodada do Brasileirão. Com o resultado, o Inter chegou ao sétimo lugar e ficou a dois pontos da zona de classificação para a Libertadores. Nos últimos três jogos, o Inter conseguiu duas vitórias e um empate. Domingo, tem confronto contra o Flamengo. Jogão para casa cheia no Beira-Rio.


Leandro Damião (E) e Jô comemoram: Inter venceu na 17ª rodada do Brasileirão

Novidades no banco e no time

O jogo marcou a estreia do técnico Dorival Júnior no Inter. Outras novidades foram os retornos de Guiñazu e Andrezinho ao time titular. Andrezinho, por sinal, completou o seu 200º jogo com o Inter e recebeu uma camisa comemorativa das mãos do diretor técnico Fernandão.


Andrezinho voltou ao meio-campo do time colorado

Começo de pressão

O Inter começou indo pra cima antes do primeiro minuto. Aos 25 segundos de jogo, Andrezinho iniciou jogada pela direita até achar Nei. O lateral entrou na área em velocidade e cruzou, de carrinho, para Damião. A bola tocou na sua barriga e saiu ao lado do gol. O lance parecia que prenunciaria um jogo favorável ao Inter na primeira etapa. Só parecia.

Botafogo bem postado

O time carioca mostrou uma postura muito competiviva, com muita marcação e bom toque de bola, dificultando e muito as ações do Inter. O Inter também marcou com competência e, dessa forma, os lances de gols foram raros nos primeiros 45 minutos.

Gol anulado

Aos 15 minutos, um susto. Em uma falta cobrada para a área e o zagueiro Antônio Carlos sobiu de cabeça para marcar o gol, mas o juiz anulou acertadamente por impedimento. Antônio Carlos é um perigo neste tipo de jogada e recentemente havia alcançado a marca de 50 gols, número difícil para um zagueiro.

Bolas chutadas na direção de Damião

Com um Botafogo bem posicionado, o Inter tentou surpreender com chutes cruzados dos laterais na direção de Leandro Damião, que se atirou em dois lances consecutivos, mas não conseguiu alcançar. Aos 18, foi Nei que concluiu pra a área. Três minutos depois, Zé Mário que conseguiu o arremate buscando o atacante colorado.

Quase gol em jogada aérea

Se estava difícil por baixo, o Inter tentou por cima. Aos 35min, depois de bola cruzada da direita, Damião ganhou de cabeça e tocou para Jô concluir também de cabeça para defesa sensacional de Jefferson pra escanteio. Foi a melhor chance da partida na primeira etapa. Aos 45min, no último lance, Damião recebeu na meia-lua, protegeu a bola, girou e concluiu no alto para defesa de Jefferson.


Atacante Jô luta contra a marcação do time carioca

Mudança no intervalo

O técnico Caio Júnior fez uma mudança no intervalo. Retirou Marcelo Mattos e colocou Lucas, temendo que o volante, que já tinha recebido o cartão amarelo, fosse expulso.

Jogo segue difícil na segunda etapa

Os primeiros minutos do segundo tempo deram mostra que o jogo seguiria no mesmo tom de dificuldade. A marcação seguia sobressaindo nos dois times, e as jogadas de gol rareavam. O Inter buscava o gol em lances de bola parada, já que não conseguia entrar na área adversária. Sem sucesso.

Quem tem Damião tem gol

Pois diante de partida tão dura, eis que surge mais uma vez a cabeça iluminada de Leandro Damião. Aos 12min, Zé Mário cruzou de pé direito, da esquerda, Jô desviou de cabeça para pequena área, onde estava ele, Damião, que cabeceou, de peixinho, para colocar o Inter em vantagem. Foi o 31º gol do centroavante na temporada e o sétimo no Brasileirão. Que centroavante o Inter tem!


Artilheiro: Leandro Damião está marcando o seu 31º gol na temporada

Gol faz bem ao Inter

Com o gol, o time colorado assumiu o controle da partida. Os espaços até então raros começaram a surgir e o Inter tentou explorá-los, principalmente com D´Alessandro e seus passes. Aos 16min, o meia argentino deu um toque espetacular por cobertura para Nei, que entrou na área em velocidade e chutou forte, quase acertando o ângulo. A bola ainda desviou na defesa e foi pra escanteio.

Botafogo muda, mas Inter segue melhor

Aos 18min, entrou Tiago Galhardo para a saída de Felipe Menezes, no Botafogo. Mas o Inter seguiu melhor e quase chegou ao segundo gol, em contra-ataque. Aos 21min, Elton recebeu de D´Alessandro e cruzou para Damião marcar mais um, mas o juiz anulou o lance por impedimento de Elton.

Discussões em campo

Aos 23min, Rodrigo Moledo e Herrera discutiram, depois que o atacante acertou a mao de Muriel, e o juiz aplicou amarelo nos dois. Na confusão, Nei também recebeu amarelo por falta em lance anterior.

Dorival coloca a velocidade de Dellatorre

Aos 25min, o técnico Dorival Júnior fez entrar Dellatorre na vaga de Jô para explorar a velocidade do garoto nos contra-ataques. Dois minutos depois, quase que o garoto se consagrou. Arrancou em alta velocidade, entrou na área e mesmo sendo puxado pela camisa conseguiu concluir rasteiro para defesa de Jefferson.

Time carioca dá susto

Em dois lances, o time carioca quase chegou ao empate. Aos 30min, Alex recebeu na área e girou surpreendentemente de pé direito, acertando o poste de Muriel. Que susto. Dois minutos depois, em cobrança de escanteio, Fábio Ferreira cabeceou forte e quase marcou. A bola foi por cima com muito perigo.

Inter se segura, Botafogo se atira

Aos 34min, entrou Tinga na vaga de Andrezinho para dar mais força de marcação ao meio-campo. Cinco minutos depois, o Botafogo se projetou com três atacantes com a entrada de Cidinho no lugar de Maicossuel. A partir de então, o time carioca tentou pressionar, enquanto o Inter procurava se fechar, tocar a bola e fazer o tempo passar. Aos 43min, D´Alessandro cobrou falta da direita e Rodrigo Moledo cabeceou para grande defesa de Jefferson, evitando o segundo gol. A partir dai, o Inter se fechou bem e garantiu a importante vitoria.

Entrevistas

"Me sinto em casa no Internacional. Talvez eu tenha tido uma decisão precipitada, mas agora estou à disposição do Inter. Sempre tive um carinho e um respeito muito grandes pelo Inter e pelos seus torcedores e direção. Acredito que isto seja mútuo. Estou 120% focado no Inter", afirmou o meia Andrezinho.

"O Botafogo é uma equipe muito traiçoeira e nos impôs muitas dificuldades, mas melhoramos a partir de mudanças de posicionamento no intervalo e acabamos merecendo a vitória no segundo tempo", disse o presidente Giovanni Luigi.

"Quero sempre brigar ali na frente e ajudar a equipe. Se puder ser artilheiro, melhor", afirmou Damião, o heroi da noite.

"Todo mundo está de parabéns, conseguimos uma vitória muito importante", festejou D´Alessandro.

"O time se portou bem, suportou a pressão e saímos com a vitória", disse Rodrigo Moledo.

"O time jogou muito bem, criou jogadas pelo meio e pelas laterais, conseguiu conclusões por cima, por baixo. A equipe conseguiu se adequar ao que o Dorival pediu", afirmou Nei.

"Eu estou trabalhando para quando aparecer a oportunidade ajudar o Inter a conseguir vitórias. Onde eu entrar vou dar o melhor", disse Zé Mário.

"Foi um jogo muito truncado, com muita marcação. Enfrentamos um time muito equilibrado, mas tivemos mais pontos positivos do que negativos. O Inter teve posse de bola e criou boas oportunidades", avaliou o técnico estreantes Dorival Júnior.

Ficha técnica:

Internacional (1): Muriel; Nei, Bolívar, Rodrigo Moledo e Zé Mário; Elton, Guiñazu, Andrezinho (Tinga) e D´Alessandro (João Paulo); Leandro Damião e Jô (Dellatorre). Técnico: Dorival Júnior.

Botafogo (0): Jefferson; Alessandro, Antônio Carlos Fábio Ferreira e Cortês; Marcelo Mattos (Lucas), Renato, Felipe Menezes (Tiago Galhardo) e Maicossuel (Cidinho); Herrera e Alex. Técnico: Caio Júnior.

Gol: Leandro Damião (I), aos 12min do segundo tempo. Cartões amarelos: Elton, Rodrigo Moledo, Nei (I), Marcelo Mattos, Herrera (B).

Público: 13.014 (11.080 pagantes).

Renda: R$ 146.725,00.

Arbitragem: Paulo Godoy Bezerra, auxiliado por Kleber Gil e Marco Antônio Martins (trio catarinense).

Local: Beira-Rio, Porto Alegre.


Outras notícias
Loja Virtual