16/08/2011

Entrevista coletiva: Dorival projeta seus desafios iniciais

Após comandar o primeiro treino à frente do time colorado, o técnico Dorival Júnior concedeu uma entrevista coletiva na qual falou sobre suas ideias. Confira os principais trechos:

Primeiros passos

"Tudo vai acontecer de maneira natural. Precisamos ter uma sequência e sabemos que as dificuldades são grandes em um primeiro contato. Vamos trabalhar com força e intensidade, sabendo que a exigência é grande por parte do torcedor. Em um primeiro momento temos que buscar a recuperação de todos os jogadores".

Esquema tático

"Sempre gostei de implantar esquema que tenha dois meias, dois ou até três atacantes. Ainda é cedo para dizer, pois ainda é necessário analisar o que temos em mãos, mas tudo leva a crer que caminharemos nesta direção".


Dorival Júnior teve conversa reservada com os jogadores antes do treinamento

Aproveitamento de Andrezinho

"O Andrezinho já resgatou sua condição com o grupo. Houve um pedido de desculpas, pois ele reconheceu que errou. Está tudo superado e é natural que ele seja utilizado. Não podemos penalizar o Clube. O Tinga está tendo dificuldade na recuperação em virtude da sequência de jogos, mas vamos tentar tirar o máximo dele. Fui falar com o Tinga antes de tomar a decisão de tirá-lo do time".

Luta pelo título brasileiro

"O campeonato ainda está em aberto, com todas as equipes ainda lutando pelo título. É natural que nossa situação hoje esteja mais complicada em relação à outras equipes, mas isso não quer dizer que estamos fora da disputa. Estamos totalmente dentro. Sempre penso em jogo a jogo".

Impressões sobre o time

"O Inter é um time com muitas qualidades. Tem posse de bola e boas triangulações. Tem o Leandro Damião, que está vivendo um grande momento. Todas as bolas que ele recebe está colocando para dentro. Espero que tenhamos uma equipe recomposta e forte".

Joga quem estiver em bom momento

"É natural que um ou outro jogador que venha em crescimento acabe ganhando uma oportunidade".

Objetivo pessoal

"Venho com objetivo de cumprir meu contrato até o final (dezembro de 2012). Jamais quebrei um contrato. Venho para o Inter para tentar fazer o melhor trabalho possível".


Outras notícias
Loja Virtual