26/06/2011

Inter goleia Figueirense no Beira-Rio

O Internacional venceu o Figueirense por 4 a 1 na noite deste domingo, no Beira-Rio, pela sexta rodada do Brasileirão. Bolívar, Oscar, Leandro Damião e Ricardo Goulart marcaram os gols colorados.

Com um futebol envolvente, o Inter atropelou o Figueirense, que não conseguiu fazer frente ao atual campeão gaúcho. A defesa do time catarinense aparecia entre as melhores do campeonato até este jogo, com dois gols sofridos, mas o Colorado trucidou com esta estatística aplicando quatro gols.

A primeira vitória em casa neste Brasileirão fez o Inter subir na tabela de classificação, saltando da 12ª para a nona posição, com nove pontos conquistados em seis partidas. O time de Paulo Roberto Falcão está a dois pontos do G-4, e na próxima quinta-feira (30/6) encara o Atlético-MG em Sete Lagoas-MG.


Vitória sobre o Fgueirense fez o Inter ganhar posições na tabela do Brasileirão

Time com novidades

O Campeão de Tudo teve o retorno de Oscar, que atuou junto a D'Alessandro no meio-campo. Guiñazu e Tinga formaram a dupla de volantes. Na zaga, Juan foi o companheiro de Bolívar. Ele atuou no lugar de Rodrigo, que se recupera de uma embolia pulmonar. O goleiro Muriel seguiu como titular.

Para quebrar o gelo

Sob muito frio, com a temperatura na casa dos 10°C, o Internacional partiu para cima do Figueirense desde os primeiros minutos de jogo. Porém, o time de Florianópolis se fechou bem e dificultou as investidas coloradas. Aos 8min, D’Alessandro cruzou e Bruno afastou providencialmente para escanteio, já que Leandro Damião fechava para o cabeceio. Aos 10min, Oscar recebeu na entrada da área e chutou por cima do gol, com perigo.

Dois gols em dois minutos

O domínio colorado não demorou para se transformar em gols. E foram dois em um intervalo de dois minutos. Aos 17min, D’Alessandro cobrou escanteio e Bolívar subiu alto para cabecear no cantinho esquerdo do goleiro Wilson. 1 a 0!


D'Alessandro (C) comemora com Oscar (E) o segundo gol sobre os catarinenses

Aos 19min, o Inter ampliou em uma bela jogada: D’Alessandro deu um toquezinho sutil por cima da zaga catarinense e a bola sobrou para Oscar no interior da área. Com categoria, o jovem meia-atacante matou a bola no peito e girou rápido para concluir. O goleiro Wilson ainda tocou na bola, mas não conseguiu evitar o segundo gol.

Apesar da vantagem, o Colorado seguiu pressionando. Aos 25min, D’Alessandro cobrou falta para defesa de Wilson. Aos 28min, Oscar avançou pela ponta-direita e cruzou para o cabeceio de Leandro Damião sobre o gol.

Os contra-ataques eram uma das armas do time treinado por Paulo Roberto Falcão. Sempre que recuperava a bola, partia em alta velocidade em direção à área adversária. Aos 33min, Damião recebeu passe na pequena área e chutou mascado em cima de Wilson, que defendeu com os pés.

Damião faz 3 a 0

O panorama da partida seguiu o mesmo na etapa final. O Inter ditava o ritmo e não deixava o Figueirense jogar. Aos 5min, D’Alessandro fez boa jogada pelo lado esquerdo da área e chutou para defesa de Wilson.

Era uma questão de tempo para que o terceiro gol saísse. Aos 13min, Zé Roberto fez grande passe para Leandro Damião, que invadiu a área, e da marca penal, chutou no canto esquerdo para fazer 3 a 0. Foi o 23º gol do centroavante na temporada. É o artilheiro isolado da equipe.


Leandro Damião já soma 35 gols pelo Inter em 60 jogos

Com boa troca de passes no meio-campo, o Inter chegava com facilidade à frente e criava inúmeras oportunidades de gol. Aos 22min, D’Alessandro foi lançado, entrou na área pela direita e chutou cruzado para defesa de Wilson. Aos 25min, Zé Roberto saiu para a entrada de Ricardo Goulart. Aos 29min, D’Alessandro recebeu bom passe de Tinga e chutou próximo à trave direita.

Aos 32min, Glaydson, que havia entrado no lugar de Tinga, cruzou da esquerda e Damião cabeceou sobre o travessão.

Do banco para a comemoração

O time colorado marcou o quarto gol em um lance envolvendo jogadores que vieram do banco de reservas. Aos 35min, o atacante Gilberto, que recém havia ingressado no lugar de Leandro Damião, recebeu passe no interior da área e tocou para o lado, onde Ricardo Goulart apareceu para ampliar: 4 a 0!

Wellington Nem ainda descontou para o Figueirense, aos 43min, mas a grande vitória já estava garantida.

"O time se impôs desde o início do jogo, fizemos valer o fator local e isso foi muito importante", afirmou Muriel.

"O time todo se doou e o coletivo todo se saiu muito bem. A gente precisava dessa vitória dentro de casa e graças a Deus hoje deu tudo certo", disse Oscar.

"Agora vem o maior desafio que é conseguir uma boa sequência de resultados", projeta o presidente Giovanni Luigi.

“A gente fica sempre muito preocupado que o torcedor saia satisfeito do jogo, e hoje eles saíram felizes e nós, também. Nós temos uma sintonia de muito respeito, uma relação muito leal. Isso não quer dizer que eu não vá errar. Mas a gente tem que ter uma consciência de respeito à instituição que é o Internacional. Eu sempre digo aos jogadores que nós temos que ter responsabilidade em vestir a camisa do Internacional, pela nossa família, pelos nossos amigos e pelos torcedores. Nunca pode faltar entrega, determinação, e isso não aconteceu com esse grupo. Nem sempre a gente vai ganhar, mas não pode faltar a determinação", avaliou o técnico Paulo Roberto Falcão.

Internacional (4): Muriel; Nei, Bolívar, Juan e Kleber; Guiñazu, Tinga (Glaydson), Oscar e D'Alessandro; Leandro Damião (Gilberto) e Zé Roberto (Ricardo Goulart). Técnico: Paulo Roberto Falcão.

Figueirense (1): Wilson; Bruno, João Paulo, Edson Silva e Juninho; Ygor, Coutinho (Jonatas), Maicon e Fernandes (Wellington Nem); Aloísio (Roger Carvalho) e Héber. Técnico: Jorginho.

Gols: Bolívar (I), aos 17min do primeiro tempo, Oscar (I), aos 19min do primeiro tempo, Leandro Damião (I), aos 13min do segundo tempo, Ricardo Goulart (I), aos 35min do segundo tempo, Wellington Nem (F), aos 43min do segundo tempo.

Cartões amarelos: D’Alessandro, Guiñazu (I); Edson, Jonatas (F).

Público: 11.714 (9008 sócios). Renda: R$ 128.930,00.

Arbitragem: Marcelo de Lima Henrique (FIFA-RJ), auxiliado por Roberto Braatz (FIFA-PR) e Luiz de Oliveira (RJ).

Local: Beira-Rio, Porto Alegre.


Outras notícias
Loja Virtual