13/03/2005

INTER AVANÇA NO GAUCHÃO

Com uma vitória de 2 a 0 sobre o Farroupilha, no Beira-Rio, o Internacional classificou-se para os quadrangulares semifinais do Campeonato Gaúcho. Os gols foram marcados por Souza e Tinga, este de grande atuação na partida assim como Fernandão. O resultado garantiu o segundo lugar no Grupo 1 com 15 pontos. Foi a terceira vitória consecutiva da equipe do técnico Muricy Ramalho no Gauchão. Nesta segunda-feira, a Federação Gaúcha de Futebol sorteia os participantes dos dois grupos de quatro equipes cada que disputam a próxima fase da competição.

O jogo

A vitória do Inter começou nas arquibancadas. Um excelente público de 23.189 pessoas compareceu para empurrar a equipe para a vitória. Destaque também para a presença feminina. Como homenagem ao dia da mulher celebrado no último dia 8 de março, a direção liberou a entrada de graça para as torcedoras. Com isso, 5.101 coloradas foram ao estádio, o que representou mais de 20% da população presente no Beira-Rio.

O Inter entrou em campo com mudanças. O ala Élder Granja, ainda sentindo lesão, não pôde atuar, entrando Bolívar no seu lugar. Edinho retornou ao time como líbero. Na frente, o centroavante Souza recebeu a chance de começar a partida. Em campo, o time do técnico Muricy Ramalho teve dificuldades na primeira etapa, principalmente na hora dos passes finais e da conclusão. E nas chances que teve, arrematou mal. No primeiro minuto, Edenilso cobrou falta e Clemer defendeu. Aos quatro, Jorge Wagner cruzou para a área, o goleiro Alex Figueiredo soltou a bola, que bateu no peito de Souza e quase entrou. Dois minutos depois, o centroavante teve nova chance, ao receber lançamento na área e concluir rasteiro para defesa de Alex.


Edinho voltou à equipe e teve boa atuação

Aos 10, Jorge Wagner cruzou, Wilson desviou de cabeça até Edinho, que marcou o gol, também de cabeça. O juiz Carlos Simon, porém, anulou o gol por impedimento. Aos 16min40seg, Jorge Wagner cobrou falta no travessão, em ótima chance para o Inter. Aos 20min45seg, Bolívar lançou para Edinho que tocou a bola na mão do zagueiro, mas Simon entendeu que foi bola na mão. Aos 21, Jorge Wagner bateu de fora da área para fora. Aos 30 e aos 31, Rafael Sobis teve chances de concluir de fora da área, mas as duas não entraram.

Aos 34, Edinho fez ótima jogada passando por quatro jogadores e encontrando Sobis livre na área. O atacante, porém, concluiu ao lado do gol. Dois minutos depois, Sobis deu ótimo passe para Wilson, livre na área, mas o zagueiro concluiu no corpo do goleiro. O Farroupilha só foi ameaçar aos 38 minutos, quando Arílson cobrou falta e Evanor cabeceou por cima. Aos 43, Jorge Wagner cobrou falta, da intermediária, mas Alex defendeu com segurança. Aos 44, Rafael Sobis caiu na entrada da área e pediu pênalti, mas Simon nada marcou.


Rafael Sobis sofreu um pênalti não marcado por Carlos Simon

Na etapa final, o Inter voltou pressionando em busca do gol que daria a classificação. Aos sete minutos, Souza tocou para Sobis na área. O atacante perdeu o equilíbrio na hora de concluir e a bola sobrou para Souza chutar no corpo de um zagueiro. Aos 11, finalmente a pressão deu resultado. Fernandão recebeu na área e deu um passe genial para Souza, que corria por trás dele. Souza avançou e chutou com o pé esquerdo no canto com precisão: 1 a 0. Foi o segundo gol de Souza em jogos oficiais da temporada na equipe principal, o primeiro no Gauchão. O time colorado seguiu no ataque. Aos 15min30seg, Fernandão deu excelente passe para Tinga, que entrou na área e cruzou, mas a defesa salvou para escanteio.


Souza marcou o segundo gol em jogos oficiais pela equipe principal

Aos 18min30seg, Souza protegeu bem a bola de um defensor e passou para Tinga entrar na área e chutar cruzado para fora. No minuto seguinte, Tinga, de excelente atuação na partida marcando, armando e chegando à frente, recebeu bola de Souza e concluiu de fora da área para defesa do goleiro. Aos 23, Souza foi substituído por Rodrigo Paulista e recebeu muitos aplausos da torcida presente no Beira-Rio. Um minuto depois, Tinga recebeu na entrada da área, driblou um zagueiro e chutou por cima.


Tinga foi um dos destaques da partida e marcou um gol

Aos 26, um gol para premiar a ótima atuação do volante colorado. Rafael Sobis roubou a bola de um defensor e achou Tinga livre na área. Ele avançou e tocou de pé esquerdo no canto: Inter 2 a 0. Foi o terceiro gol dele na temporada. Depois disso, o Inter ainda teve chances com Gavilán, aos 31, e Sobis, aos 44, além de um pênalti sobre Bolívar não marcado por Carlos Simon. Nos instantes finais, o time colorado tocou a bola e garantiu a vitória da classificação. 

Internacional (2): Clemer; Índio, Edinho e Wilson (Sangaletti); Bolívar, Gavilán, Tinga, Fernandão e Jorge Wagner; Rafael Sobis e Souza (Rodrigo Paulista).Técnico: Muricy Ramalho.

Farroupilha (0): Alex Figueiredo; Paulo Roberto, Miro e Fábio Amaral (Leandro Guerreiro); Cleiton, Massei, Evanor, Arílson (Gil) e Edenilso (Lovato); Douglas e Vanderlei. Técnico: Géverton Duarte.

Gols: Souza (I), aos 11min do segundo tempo, e Tinga (I), aos 26min do segundo tempo. Cartões amarelos: Gavilán (I), Cleiton, Arílson (F). Renda: R$ 129.759,00. Público: 23.189 (15.414 pagantes). Arbitragem: Carlos Simon, auxiliado por José Franco Filho e Alexandre Kleiniche. Local: Estádio Beira-Rio.

Fotos: Daniel Boucinha


Outras notícias
Loja Virtual