27/04/2011

Colorado na capital do país vizinho

Por Marcos Bertoncello (texto)
e Alexandre Lops (foto)
Enviado especial a Montevidéu-URU

O segundo menor país da América do Sul (ganha somente do Suriname) faz fronteira terrestre unicamente com o Brasil, mais precisamente com o Rio Grande do Sul. A proximidade das nações faz os gaúchos apreciarem os uruguaios e vice-versa. Chuí, Jaguarão e Santana do Livramento são algumas das cidades rio-grandenses que fazem fronteira com o Uruguai e muitos cidadãos nascidos nestes municípios crescem mesclando o português com o espanhol.


Colorados de Caxias do Sul tiram foto com goleiro Renan depois do treino do Inter

A grande entrada de brasileiros no país vizinho proporcionará um forte apoio para o Internacional contra o Peñarol nesta quinta-feira. Prova disso é a recepção feita para o grupo colorado aqui na capital Montevidéu. O reconhecido status do Campeão de Tudo cada ano traz mais adeptos ao Inter, reuni curiosos e mobiliza a imprensa fora do Brasil.

Em 2007, por exemplo, a última vez que o time esteve em Montevidéu, foram 50 colorados recepcionar a delegação, além de mais de dez jornalistas locais. Como não esquecer de Rivera, em 2010, onde mais de 20 mil torcedores invadiram a cidade para apoiar o Internacional? Foi na partida contra o Cerro pela fase de grupos da Libertadores, na trajetória vitoriosa do bi da América. A expectativa agora é também de ocupação máxima no setor destinado à torcida vermelha e branca no estádio Centenário contra o Peñarol. "Tem que apoiar. Libertadores tem a cara do Inter", vibra Sadi Vanachio, torcedor colorado de Caxias do Sul.

> Serviço de jogo

Peñarol x Internacional
28/4/2011 - 19h30
Estádio Centenário, em Montevidéu-URU
Oitavas de final da Libertadores

Setor da torcida do Inter no estádio: Tribuna América (Portão 24)
Valor do ingresso nas bilheterias do Centenário: U$ 70,00 (dólares)


Outras notícias
Loja Virtual