24/04/2011

Destaques da heroica classificação em Caxias

Por Felipe Silveira (texto) e Alexandre Lops (fotos)
Direto de Caxias

Damião faz jogada de craque

O jogo estava empatado, se encaminhando para a decisão por pênaltis, quando Leandro Damião conseguiu dominar um lançamento longo na linha de fundo, pelo lado direito da área. Em seguida, aplicou uma lambreta no marcador de forma magnífica – a bola passou por cima do zagueiro, que ficou totalmente sem reação – e cruzou para a área. A zaga do Juventude tentou cortar, mas Tinga foi mais ágil e conseguiu o desvio para o gol. Após o lance, a torcida gritou das arquibancadas: “Ão, ão, ão, Damião é Seleção!”. Na sua partida de número 50 com a camisa do Inter, o centroavante foi um dos protagonistas da vitória.


Artilheiro do Internacional brilhou como "garçom" neste domingo

Terceira vitória seguida

O triunfo em Caxias do Sul foi o terceiro consecutivo sob o comando de Paulo Roberto Falcão. E todos em jogos decisivos que foram disputados no período de uma semana. Tudo começou no final de semana passada, quando Falcão estreou à frente do time colorado eliminando o Santa Cruz nas quartas de final da Taça Farroupilha. Depois, o Inter venceu o Emelec por 2 a 0 e  classificou-se em primeiro lugar do seu grupo. Agora, contra o Juventude, o Campeão de Tudo carimbou sua passagem à final do returno.

Mas não há tempo para comemorações, já que na próxima quinta o Inter tem mais um confronto decisivo contra o Peñarol, em Montevidéu, no primeiro encontro das oitavas de final da Libertadores. E no próximo domingo (1º/05) tem Gre-Nal no Beira-Rio pela final da Taça Farroupilha. São dias movimentados na vida do Inter.

Golaço de Bolatti

O volante argentino marcou o seu quarto gol em dez jogos com a camisa colorada. E foi um lindo gol, aos 19min do primeiro tempo: Bolatti pegou a sobra de bola na diagonal da grande área, pela direita, avançou com ela dominada por alguns metros e soltou uma pancada. O chute cruzado acertou o ângulo direito do goleiro juventudino. Na etapa final, o jogador recebeu o segundo amarelo e foi expulso, mas sua participação foi decisiva para a obtenção da classificação.


Bolatti fez um golaço de fora da área, abrindo o placar em Caxias do Sul

Tinga volta decidindo

O volante estava sem atuar desde a partida contra o Jorge Wilstermann, pela primeiro turno da Libertadores, devido à uma lesão muscular. Aos 30min, do segundo tempo, Tinga foi chamado pelo técnico Falcão para recompor o meio-campo, que havia sofrido uma baixa com a expulsão de Bolatti. O jogador entrou rapidamente no clima da partida e acabou marcando o gol da vitória que garantiu a classificação à final do returno. Após grande jogada de Leandro Damião pela direita, o volante conseguiu, em meio a confusão na pequena área, empurrar a bola para o fundo do gol. Ato contínuo, todos os jogadores, inclusive os do banco de reservas, entraram no gramado pra comemorar intensamente o gol. O Inter estava na final!

Torcida empurra o time no Jaconi

Os colorados praticamente lotaram o seu espaço no Alfredo Jaconi e fizeram uma bonita festa do primeiro ao último minuto da partida. Situados atrás da goleira do lado esquerdo das cabines de imprensa do estádio, mais de 3 mil torcedores estiveram junto ao time em Caxias do Sul, passando muita energia positiva aos jogadores em campo. Mesmo antes de chegar ao Jaconi, o ônibus Campeão de Tudo foi saudado por torcedores no trajeto entre o hotel e o estádio.


Torcida colorada fez a festa no estádio Alfredo Jaconi

Tabu quebrado

O Inter não vencia o Juventude no Jaconi desde 2005, quando fez 2 a 1 pelo Gauchão, mas este retrospecto foi por água abaixo neste domingo de Páscoa. O time colorado eliminou a equipe de Caxias dentro da sua casa apresentando um futebol competitivo.


Outras notícias
Loja Virtual