13/04/2011

Receita dos produtos licenciados do Inter é destaque

O Sport Club Internacional tem alcançado nos últimos anos um crescimento muito reconhecido em virtude das suas conquistas dentro das quatro linhas. Entretanto, o desenvolvimento do Clube não se restringe apenas ao setor do futebol. Quando Jorge Avancini assumiu a direção do marketing colorado, o profissional Rafael Saling foi convidado para cuidar da área de Licenciamento e Marcas. Então, a partir de um trabalho bem estruturado, os produtos licenciados do Inter conseguiram uma expansão invejável. De 2006 a 2010, as receitas subiram 870%.

O segredo para esse rendimento é a implantação de planejamento focado no mercado, com análises internas e externas, envolvendo a fundação de um sistema de informações gerenciais integrado ao ERP (Enterprise Resource Planning) do Clube. Tudo isso aumenta a eficiência na cobrança de royalties, com o apoio das áreas financeiras e jurídicas, o combate à pirataria, por meio de contratação de um escritório especializado em propriedade intelectual, e a diversificação de produtos, isto é, ampliar a atuação em novos mercados. Com estas ações, o departamento de marketing do Internacional, por meio da área de Licenciamentos, volta às atenções a diversos segmentos do comércio. Rafael Saling, gerente do campo de Licenciamentos do Inter, explica a questão. “Começamos a investir no ramo alimentício, por entender que é um mercado de grande volume de negócios, com o lançamento de espumantes, pipocas, bolinhas de polvilho, etc. Neste mês de abril, lançaremos, em parceria com a Nestlé, o chocolate 'Sem Parar'.

Outra estratégia adotada é o aproveitamento de oportunidades pontuais, como o selo do centenário, o slogan, “Campeão de Tudo” e a participação em grandes eventos. O Clube obteve experiências bem sucedidas no Donna Fashion Iguatemi, (evento de Moda) e na Expoagas (Associação Gaúcha de Supermercados). “Durante o Donna Fashion, lançamos a linha de produtos Saci e Escurinhos, voltadas para o público infantil, a Inter Red, para os adolescentes, e o Inter Sports, para jovens e adultos. Atento sempre a grandes oportunidades o clube conseguiu botar na passarela o ex-BBB Marcelo Dourado uma semana após a conquista do reality show”, explica Saling. Ele também comenta do sucesso do estande colorado na Expoagas. “Na Expoagas, fomos o primeiro Clube de futebol a instalar um estande em uma feira deste segmento, exibindo produtos colorados licenciados. Nosso estande foi o mais visitado da feira”, lembra Saling.

Os números apenas comprovam o bom momento do Internacional neste ramo. Hoje, o faturamento com os produtos licenciados chega a R$ 6 milhões. O aumento e o controle da distribuição de mercadorias fizeram com que o clube expandisse o seu número de lojas de 18 para 40. Mas que ninguém pense que o Campeão de Tudo quer parar por aí. O espaço de Licenciamento, vai difundir um selo holográfico no intuito de fiscalizar a autenticidade e a qualidade dos itens. Além disso, as parcerias com canais de distribuição serão mantidas “Com este selo, vamos potencializar a marca Inter perante o mercado. Isso vai ajudar a controlar a qualidade e evitar a pirataria. Também queremos manter e ampliar a parceria com canais de distribuição dedicados a cada segmento de mercado, com o raciocínio de licenciamento inteligente. Dessa forma, esperamos chegar a R$ 15 milhões de faturamento no médio prazo”, afirma Saling.


Inter teve um estande na Expoagas, em 2010


Outras notícias
Loja Virtual