05/04/2011

Guiñazu: 200 jogos de pura raça

Por Felipe Silveira (texto) e
Alexandre Lops (fotos)/Direto do México

Volante completará diante do Jaguares seu jogo de número 200 com a camisa do Inter

Pablo Horácio Guiñazu, ou simplesmente Guiñazu, é um dos jogadores mais identificados com o Campeão de Tudo. É sinônimo de raça e total entrega dentro de campo. Não tem jogada perdida para El Cholo. Não tem vida mole para o adversário quando ele está por perto. O camisa 5 do Inter é um cão de guarda no meio-campo.


Arte de Gonza Rodriguez: www.gonzarodriguez.com.ar/ e twitter @_gonzarodriguez

Por todas essas virtudes, o volante é uma unanimidade entre os torcedores, um verdadeiro ídolo que é venerado a cada jogo no Beira-Rio. Já virou até tema de música da banda Ataque Colorado: “Guerreiro colorado, raça e coração, nada vai fazer ele parar”, diz um trecho da canção. E nada tem parado esse magnífico jogador, que após três anos e nove meses vestindo a camisa do Inter, está prestes a defender o time pela 200ª vez em uma partida oficial.

Este momento especial ocorrerá nesta quarta-feira, quando Guiñazu irá pisar no gramado do Estádio Victor Manuel Reyna para enfrentar o Jaguares de Chiapas, em mais um desafio na busca pelo tricampeonato da Libertadores da América. Com seu jeito carismático e sincero - que encanta aos torcedores, funcionários do Clube e a todas as pessoas que têm a oportunidade de conhecê-lo também fora de campo -, o volante resume o que está sentindo às vésperas  de atingir a marca.

“A verdade é que é um orgulho que não se pode explicar facilmente com palavras. Esta é uma marca que nunca vou esquecer”, declarou El Cholo após o primeiro treino colorado em Tuxtla Gutiérrez.

Como um guerreiro que irá para mais uma importante batalha, Guiñazu quer transformar todos este orgulho em energia para ajudar o time colorado na luta pela classificação antecipada às oitavas de final da Libertadores. “Tomara que eu possa ajudar o time a dar este presente aos torcedores em uma semana tão especial como esta, afinal, o Inter completou 102 anos. Este é sempre o meu objetivo: ajudar os companheiros”, destaca o jogador de 32 anos nascido em General Cabrera, interior da argentina.


Guiñazu (D) completará contra o Jaguares a sua partida de número 200

Ao longo da sua carreira, Guiñazu passou por diversos times (veja abaixo), porém foi no Inter que alcançou as maiores glórias. E isso o torna um eterno agradecido ao Campeão de Tudo. “Sou muito feliz no Beira-Rio. Fui muito bem recebido desde que cheguei por todos. A torcida é linda, e tudo isso me motiva cada vez que entro em campo”, assegura o ídolo colorado.

A carreira de El Cholo

Clubes:
1996-2000: Newell's Old Boys (Argentina)
2000-2001: Perugia (Itália)
2001-2003: Independiente (Argentina)
2003: Newell's Old Boys (Argentina)
2003-2004: Saturn (Rússia)
2004-2007: Libertad (Paraguai)
Desde 2007: Internacional

Títulos pelo Inter:
Gauchão: 2008 e 2009
Dubai Cup: 2008
Copa Sul-Americana: 2008
Copa Suruga Bank: 2009
Libertadores: 2010


Outras notícias
Loja Virtual