30/01/2011

Inter B sofre derrota em Rivera

O Inter B foi derrotado por 2 a 1 no Gre-Nal disputado na noite deste domingo, em Rivera, no Uruguai, pela quinta rodada do Gauchão. O time colorado abriu o placar no primeiro tempo com o atacante Guto, mas sofreu dois gols na etapa final. Na próxima rodada, com a sua equipe principal, o Inter irá em busca da vitória contra o Juventude, no Beira-Rio.


Inter B, do meia-atacante Ricardo Goulart, encarou um jogo equilibrado em Rivera

Pouca emoção no clássico

O Gre-Nal 384 começou morno. Os dois times marcavam com intensidade, sem dar espaço para as finalizações. O Grêmio chegou primeiro aos 6min, quando Diego Clementino invadiu a área e chutou na saída de Muriel, que defendeu com o pé para escanteio. O jogo seguiu truncado, com muitas faltas cometidas por ambas as equipes, e sem que ninguém conseguisse oferecer perigo no ataque. O Inter tinha melhor movimentação, principalmente no meio-campo, mas não conseguia boas finalizações.

Muriel salva

Aos 26min, um susto: após bola alçada para a área do Inter, o zagueiro Rodrigo Moledo desviou de cabeça para trás e quase surpreendeu o goleiro Muriel, que fez boa defesa para escanteio, evitando o gol contra. O goleiro foi um dos destaques do clássico, com importantes intervenções.

Guto abre o placar

O Inter apostava nas jogadas pelos lados do campo. E foi em uma delas que construiu seu primeiro gol. Aos 37min, Massari foi à linha de fundo e conseguiu um escanteio. Marquinhos cobrou com perfeição e Guto veio por trás dos zagueiros para cabecear com força: 1 a 0! Foi o terceiro gol do centroavante em 22 jogos pela equipe profissional.


Guto marcou o gol do Inter no Gre-Nal disputado no Uruguai

Pressão nos minutos finais

A abertura do placar incendiou o time colorado. Aos 39min, Daniel avançou pela direita e chutou cruzado para boa defesa de Marcelo Grohe para escanteio. Aos 42min, Guto cobrou falta e a bola passou raspando a trave direita. Por muito pouco o camisa 9 não fez maus um em Rivera. Atônito, o Grêmio tentava conter o ímpeto colorado. Aos 45min, Ricardo Goulart cabeceou com perigo sobre o gol, no último lance do primeiro tempo.

Virada na etapa final

O Grêmio lançou-se ao ataque no segundo tempo na busca pelo empate. Aos 9min, Muriel fez grande defesa após a cabeçada de Wesley na pequena área e, no rebote, Diego Clementino cabeceou no travessão, desperdiçando grande oportunidade. Mas aos 13min, Bruno Collaço cobrou uma falta das proximidades da área e empatou o clássico. 1 a 1.

O time do Olímpico seguiu pressionando, exigindo boas defesas de Muriel. Aos 17min, Adilson invadiu a área e chutou em cima do goleiro, que defendeu com o joelho. No rebote, Mithyuê chuta em cima da defesa. Aos 19min, Willian Magrão, que havia entrado no lugar de Vilson no intervalo, chutou com perigo sobre o gol colorado.


Goleiro Muriel fez boas defesas no clássico, mas não conseguiu evitar derrota

O Inter reagiu em dois lances seguidos. Aos 22min, Marquinhos recebeu passe e ficou de frente para o gol, mas o árbitro marcou impedimento inexistente. Um minuto depois, Ricardo Goulart foi lançado e ficou cara a cara com Marcelo Grohe: o garoto de 20 anos tentou o chute colocado, porém, a bola subiu demais e saiu pela linha de fundo.

O segundo gol gremista surgiu em lance infortúnio, aos 27min: Natan não consegiu cortar a bola no meio-campo e ela sobrou para Lins, que havia entrado minutos antes na vaga de Mithyuê, chutar para fazer 2 a 1. Na sequência, Thiago Humberto e Marinho foram para o jogo nos lugares de Ricardo Goulart e Natan numa tentativa do técnico Enderson Moreira de dar mais mobilidade ao meio-campo.

Aos 42min, Thiago Humberto por pouco não empatou o clássico, em uma cabeçada que Marcelo Grohe defendeu de forma salvadora para escanteio. Aos 44min, Muriel fez mais uma grande defesa e evitou o terceiro gol gremista, abafando o chute de Diego Clementino. No lance seguinte, Guto fez grande jogada e a bola sobrou para Marquinhos, no interior da área, que chutou em cima da defesa.

O Inter foi para o abafa final, encolhendo o adversário no seu campo de defesa, mas não conseguiu evitar a derrota em Rivera. O time colorado ocupa agora a vice-liderança do Grupo 1, com nove pontos. Na próxima quinta-feira (3/2), recebe o Juventude no Beira-Rio, na partida que marcará a estreia do time principal na temporada 2011.

"Tivemos um volume de jogo muito bom no primeiro tempo. Depois perdemos campo para o adversário e cedemos o empate. O segundo gol foi num lance de infortúnio. Pressionamos em busca do empate, mas não deu. De qualquer forma temos muita confiança neste grupo, por isso vamos seguir trabalhando", disse o vice-presidente de futebol Roberto Siegmann.

"Foi um jogo aberto. Os dois times criaram chances, mas no detalhe acabamos sofrendo a derrota. Mas uma equipe que fez nove pontos em cinco jogos não pode ser desvalorizada. Hoje jogamos de igual para igual com um time que é mais maduro", avaliou o técnico Enderson Moreira.

Grêmio (2): Marcelo Grohe; Mário Fernandes, Vilson (Willian Magrão), Neuton e Bruno Collaço; Mateus Magro, Adilson, Maylson, Mithyuê (Lins); Diego Clementino e Wesley (Dener). Técnico: Roger.

Internacional (1): Muriel; Daniel, Rodrigo Moledo, Ronaldo Alves e Massari; Juliano, Natan (Marinho), Augusto (Wagner Libano), Ricardo Goulart (Thiago Humberto) e Marquinhos; Guto. Técnico: Enderson Moreira.

Gols: Guto (I), aos 38min do primeiro tempo, Bruno Collaço (G), aos 13 minutos do segundo tempo, Lins (G), aos 27 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos: Maylson e Marcelo Grohe (G).

Arbitragem: Márcio Chagas da Silva , auxiliado por Alexandre Kleiniche e José Eduardo Calza.

Local: Atílio Paiva, Rivera, no Uruguai.


Outras notícias
Loja Virtual