02/12/2010

Despedida do Brasileirão com goleada

Por Marcos Bertoncello (texto) - da Redação/Porto Alegre
e Alexandre Lops (fotos) - de Presidente Prudente-SP

Mais um teste do que uma partida valendo três pontos. Assim foi encarada a última rodada do Campeonato Brasileiro de 2010 pelo Internacional, que agora só pensa no Mundial de Clubes FIFA. A equipe de Celso Roth venceu o Grêmio Prudente por 3 a 0 na noite desta quinta-feira, no estádio Eduardo José Farah, em São Paulo. Alecsandro, Tinga e Giuliano marcaram os gols.

Índio, que era tendência para começar o jogo, acabou poupado por dores musculares e foi o único titular cortado. Ronaldo Alves atuou em seu lugar no confronto antecipado pela CBF em virtude da viagem longa do Inter na próxima quarta-feira com destino a Abu Dhabi. O Colorado encerrou o Brasileirão com 58 pontos conquistados em 38 jogos. Foram 48 gols feitos e 41 sofridos. Ocupa, no momento, a sexta colocação.

O jogo

Grêmio Prudente e Inter iniciaram a partida de maneira leve, com bastantes espaços e pouca marcação de ambas as equipes. Com isso, predominou o time com melhor posse de bola e, neste quesito, o Inter mostrou um bom futebol e logo tomou conta da partida. Aos 5min, Kleber achou Tinga na área. O camisa 7 finalizou para trás e a zaga do Prudente afastou o perigo.

Alecsandro volta a marcar

O gol colorado não demorou para sair. E foi da melhor maneira que ele ocorreu. Após bela troca de passes, D'Alessandro, aos 17min, fez boa assistência para Kleber que, com imensa qualidade, achou Alecsandro livre na pequena área para apenas cabecear a bola para as redes, 1 a 0! Foi o décimo dele no Brasileirão, seu 52º com a camisa do Internacional. O camisa 9 não anotava desde o último clássico Gre-Nal, no Olímpico.

Tinga também guarda o dele

A vantagem no placar só despertou a superioridade do Internacional, que começou a controlar totalmente a partida. Com toques rápidos, peculiaridade do time de Celso Roth, a equipe colorada chegava bem ao ataque. Aos 22min, D'Alessandro ajeitou e bateu de fora da área. A bola raspou no jogador do Prudente e saiu pela linha de fundo. No escanteio, um minuto depois, Rafael Sobis bateu e Ronaldo Alves testou para fora.


Tinga teve intensa movimentação durante o jogo desta noite

No instante seguinte saiu o segundo gol do Inter. E que belo gol. Nei lançou Alecsandro na área. O camisa 9 viu a chegada de Tinga pelo meio e ajeitou de cabeça para o volante, com o peito, empurrar a bola para dentro da meta, 2 a 0. Tinga marcou o 16º gol com a camisa do Inter, o segundo dele no Brasileirão, e da melhor forma que Roth exigia: um meia que chega junto ao ataque colorado.

O jogo, a partir daí, diminuiu de intensidade. Aos 43min, Kleber avançou pelo meio e bateu forte com a perna esquerda. Sidney se atirou para espalmar. No rebote, Alecsandro testou para nova defesa do goleiro, mas o jogo já estava parado por impedimento do atacante. Esta foi a última chegada no primeiro tempo. Vantagem no marcador e jogadores satisfeitos na saída de campo.

Segundo tempo

Se o meio-campo e o ataque do Inter foram bem testados na etapa inicial, a zaga teve que conter o ímpeto dos donos da casa nos primeiros instantes do segundo tempo. Aos 2min, em dois lances, o Prudente chegou forte. Sasha cruzou e Willian José não alcançou na pequena área. Na sequência, João Vitor finalizou para fora. A pressão foi curta e logo cessada pela equipe colorada. Rafael Sobis foi lançado e cruzou para Alecsandro. Giaretta chegou antes e tirou para trás. Por pouco não fez gol contra.

Renan seguro

Aos 18min, foi a vez de Renan trabalhar. Mero espectador no primeiro tempo, ele apareceu muito bem no segundo. Sasha ganhou rebote e disparou a bomba de fora da área. De mão trocada, o goleiro colorado espalmou para fora. Uma bela defesa! O Inter logo deu a resposta: Kleber tocou com qualidade para D'Alessandro. O camisa 10 matou no peito e girou rápido, finalizando para fora. A bola passou muito perto. Aos 31min, Rhayner arriscou de longe e Renan novamente foi seguro, cutucando para o lado.

Golaço do melhor da América

O Inter voltou a se impor na partida e tomou o controle dela novamente. Suficiente para marcar o terceiro gol, que foi uma pintura. Giuliano (foto ao lado comemorando com Derley), que entrou no lugar de Tinga, foi o nome da obra-prima. O melhor jogador da América, aos 36min, pegou rebote de cruzamento e, de fora da área, soltou a bomba, sem deixar a bola cair, indo no ângulo esquerdo de Sidney. Golaço! O camisa 16 estava marcando seu sexto gol no Campeonato Brasileiro e o último do Inter no Brasil em 2010 em sua 100ª partida com a camisa colorada. Fim de papo e goleada colorada: 3 a 0.

O Inter embarca para Abu Dhabi nesta quarta (8/12). A estreia no Mundial de Clubes ocorre no dia 14 de dezembro, contra Pachuca, do México, ou TP Mazembe, da República Democrática do Congo.

Declarações

"Foi um bom trabalho. Viemos para cá com força máxima. Competimos em um jogo bom, contra um time que disputou bem. Agora é voltar para Porto Alegre e trabalhar nestes três últimos dias. A atenção, falei para o grupo, está voltada de fato para o Mundial de Clubes", discorreu Celso Roth.

"Pensar na viagem agora. A preparação foi encerrada. Temos esta semana para os últimos detalhes e quarta vamos para o Mundial. Fechamos com chave de ouro, com uma bela vitória", afirmou Bolívar.

"A gente mostrou bom trabalho. A confiança de todos foi essencial e vamos procurar fazer um bom Mundial", disse Wilson Matias.

"Mesmo rebaixados, eles quiseram demonstrar trabalho. Foi um jogo difícil para terminar de vez a preparação para o Mundial", avaliou Renan.

"Temos pela frente o mais importante compromisso do ano: o Mundial. Levamos a sério proque tem que respeitar o adversário. Jogamos como tínhamos que jogar. Agora é continuar trabalhando, fizemos uma boa partida hoje, mas sempre tem coisa para melhorar", falou D'Alessandro.

"O lance do meu gol foi difícil. Poderia ter dominado, mas ela veio muito perfeita para pegar de primeira. Estou feliz pelo encerramento do Brasileirão e agora é focar no Mundial. Estou na melhor fase da minha vida profissional e estou aproveitando este momento", comemora Giuliano.

Grêmio Prudente (0): Sidney; Bruno Ribeiro, Anderson Luís, Diego Giaretta e Cleidson (Carlos Diogo); Rodrigo Mancha, João Vítor (Neto), Sasha e Saldanha (Rafael Martins); Willian José e Rhayner. Técnico: Márcio Barros

Inter (3): Renan; Nei, Ronaldo Alves, Bolívar e Kleber; Wilson Matias, Guiñazu, Tinga (Giuliano), D’Alessandro (Andrezinho) e Rafael Sobis (Oscar); Alecsandro. Técnico: Celso Roth

Gols: Alecsandro (I), aos 17min do primeiro tempo. Tinga (I), aos 23min do primeiro tempo. Giuliano (I), aos 36min do segundo tempo.

Arbitragem: Marco Mateus Pereira (MS), auxiliado por Adnilson da Costa Pinheiro (MS) e Eduardo Gonçalves da Cruz (MS).

Cartões amarelos: Amarelos: Saldanha (GP) e Diego Giaretta (GP); Tinga (I), Wilson Matias (I) e Bolívar (I).

Local: Eduardo José Farah, em Presidente Prudente-SP


Outras notícias
Loja Virtual