24/11/2010

Giuliano: o melhor jogador da Libertadores 2010

Conhecido como 'O Predestinado’ desde o gol marcado contra o Estudiantes, aos 43min do segundo tempo, em Quilmes, Giuliano está eternizado na centenária história colorada. Foi em lances de pura genialidade, como no gol marcado na Argentina, que o jogador foi eleito o melhor jogador desta edição da maior competição do continente. Giuliano não marcou só um, mas, sim, seis gols na campanha bicampeã da América. O artilheiro colorado seguiu seu destino predestinado de dar alegrias à Maior e Melhor Torcida do Rio Grande e foi um dos responsáveis pelo título alcançado no mês de agosto.


Giuliano beija a taça de melhor jogador da América no evento realizado na sede da Conmebol

A coroação oficial da trajetória do jogador de 20 anos nesta Libertadores ocorreu nesta quarta-feira (24/11), na sede da Conmebol, em Assunção, no Paraguai, onde Giuliano recebeu o prêmio das mãos do volante Juan Sebastián Véron, do Estudiantes, que em 2009 foi eleito o melhor jogador da competição sul-americana. O curioso é que na antológica batalha de Quilmes, a dupla esteve frente a frente na luta por uma vaga às semifinais. A derrota por 2 a 1 - com o gol de Giuliano no finalzinho que mais pareceu dois - deixou o Inter próximo do título conquistado após os duelos com o São Paulo, na semifinal, e Chivas, na grande decisão.

Quase quatro meses após o jogo em Quilmes, na Grande Buenos Aires, o vitorioso futebolista argentino Verón ‘passou a taça’ para o jovem meia-atacante que promete dar muitas alegrias para a massa colorada. É um momento mágico na carreira de Giuliano, que agora lutará pelo bicampeonato mundial em Abu Dhabi. "Joguei contra o Verón e ainda fiz um gol no time dele. Isso me dá ainda mais orgulho por receber este prêmio. Sou um grande fã do Verón", disse o jogador colorado.


Jesús Zabalza (E), Giuliano (C) e Verón na premiação ocorrida em Assunção, no Paraguai

A premiação, concedida pelo Banco Santander, patrocinador master da Libertadores, e apoiada pela Conmebol, é realizada desde 2008. Giuliano também foi premiado pelo diretor geral da divisão América do Banco Santander, Jesús Zabalza, com um cheque no valor de 60 mil dólares. Metade da quantia será destinada a uma ONG escolhida por Giuliano, neste caso, o Lar Santo Antonio dos Excepcionais, uma entidade dedicada a cuidar de crianças com paralisia cerebral.


Presidente Vitorio Piffero acompanhou a premiação no Paraguai

A escolha de Giuliano como o melhor jogador da Libertadores 2010 foi feita por meio de uma votação que contou com a participação de jornalistas esportivos dos diferentes países que participaram da competição.

Fotos: Divulgação/Santander


Outras notícias
Loja Virtual