21/11/2010

Com reservas, Inter vence Botafogo no Engenhão

Atuando com o time reserva, o Inter venceu o Botafogo por 2 a 1 na tarde deste domingo, no Engenhão. Andrezinho e Rafael Sobis marcaram os gols colorados na antepenúltima rodada do Brasileirão.


Reservas conquistaram grande vitória fora de casa contra o Botafogo

Em meio à preparação para o Mundial, o Inter encarou mais um desafio pelo Brasileirão. O planejamento colorado para o jogo na capital carioca foi bem sucedido, pois além de quebrar uma série de sete jogos sem vitórias, esta partida serviu para confirmar a qualidade e a coesão do grupo que se prepara para a missão em Abu Dhabi. 

Com um time reserva, o Inter fez grande apresentação diante do Botafogo. Marcou com eficiência o adversário e teve boa movimentação ofensiva desde o meio-campo. Já com a vaga assegurada na Libertadores 2011 por seu o atual campeão, o time de Celso Roth ocupa a sétima posição do Brasileirão, com 54 pontos. São 15 vitórias, nove empates e 12 derrotas no campeonato nacional.

Com personalidade

Mesmo com praticamente todos os titulares poupados - apenas Rafael Sobis, e mais tarde Tinga, jogaram no Rio -, o Inter fez um jogo de igual para igual com o Botafogo. Campeões brasileiros sub-23 pelo Inter B, o goleiro Muriel, o lateral-esquerdo Massari e o meia-atacante Oscar foram as novidades do time escalado por Celso Roth.

Logo aos 30seg, Oscar, de excelente movimentação no meio-campo, avançou pela esquerda em velocidade e chutou por cima do gol, com perigo. Aos 5min, Muriel fez uma defesa monumental em dois tempos após o chute à queima-roupa de Fahel. Aos 12min, Marcelo Cordeiro cobrou falta e o goleiro encostou na bola antes de ela tocar o travessão. Aos 16min, Glaydson arrancou do meio-campo, passou por dois marcadores e chutou colocado. A bola passou muito perto do ângulo esquerdo.

A partida era disputada em alta velocidade, com muito energia aplicada pelos jogadores em cada lance. O Inter tinha bom controle no meio-campo, mas o Botafogo levava perigo nas jogadas rápidas pelos lados. Aos 22min, Alessandro ajeitou de cabeça e Loco Abreu concluiu com um toquezinho ao lado do gol. No minuto seguinte, Massari foi à linha de fundo e cruzou para a área. A bola tomou efeito e quase surpreendeu o goleiro, que teve que se esticar para evitar o gol no ângulo direito.

Muriel fecha o gol

Porém, o Inter também não podia se descuidar um momento sequer. Aos 29min, Muriel teve que saltar no quinto andar e trombar com o atacante para fazer grande defesa. No entanto, o lance estava anulado por impedimento. Aos 34min, o goleiro brilhou novamente ao abandonar o gol para defender a conclusão de Edno. Muriel diminuiu rapidamente a distância em relação ao atacante e conseguiu desviar com o peito para escanteio. Aos 40min, o Botafogo por pouco não abriu o placar, em um chute de Fahel  que acertou o travessão.


Muriel observa o zagueiro Ronaldo Alves divdir no alto: goleiro teve atuação destacada

Inter dita o ritmo no segundo tempo

Já no comecinho da etapa final, Rafael Sobis teve grande chance de marcar: o atacante recebeu na área entre dois marcadores, fez o giro rápido e chutou rente à trave esquerda. Aos 4min, Sobis fez bom lançamento para Derley, que chutou cruzado para fora. O Inter jogava com qualidade na capital carioca. Aos 12min, Andrezinho deu uma meia-bicicleta para defesa de Jéfferson no meio do gol.

Aos 20min, Rafael Sobis se livrou do marcador com um lindo drible na entrada da área e tentou o passe para Damião; a zaga afastou parcialmente e Andrezinho chutou de primeira, com força, no canto direito, para fazer 1 a 0. Foi o 27º gol do jogador pelo Inter.

A partida seguiu bem equilibrada, mas o Inter aproveitou melhor as chances que teve. Aos 29min, o estreante na equipe principal Massari cruzou da esquerda e Sobis desviou com o pé no cantinho esquerdo do goleiro. Lindo gol! 2 a 0 para o time colorado em pleno Engenhão. Foi o 44º gol do atacante em 150 jogos com a camisa colorada.

Cariocas tentam reagir

O Botafogo diminuiu logo após o segundo gol colorado, aos 30min, com Antônio Carlos. Em posição de impedimento, o zagueiro recebeu passe de cabeça de Fahel no centro da área e chutou para descontar para os cariocas. 2 a 1.

O time de Joel Santa tentou esboçar a reação em busca do empate, mas parou na grande atuação de Muriel. Aos 35min, o goleiro colorado fez duas defesas senacionais em sequência. Nada tirava mais a vitória do Inter no Rio. Com o resultado, o time colorado chegou à 15ª vitória no Brasileirão e subiu para a sétima posição, com 54 pontos. Na próxima rodada, domingo, dia 28 de novembro, o Inter recebe o Vitória no Beira-Rio. Na última rodada, encara o Grêmio Prudente fora de casa.

"A gente queria fazer um bom jogo e conquistar a vitória. Que bom que conseguimos", comemorou Ronaldo Alves.

"Foi muito bom. Voltamos a vencer após sete rodadas. Coroou a boa apresentação que tivemos na partida", disse Muriel.

"O Inter nunca jogou para perder. Temos um planejamento e estamos cumprindo a preparação para o Mundial. Hoje jogamos com vários reservas, mas todos deram o máximo e fizemos uma grande apresentação. Saio muito feliz com tudo isso", disse o vice-presidente de futebol Fernando Carvalho.

"Jogamos como um time grande. Apesar da falta de entrosamento, fizemos um excelente jogo. Esta partida valeu muito para a gente, estamos em meio à preparação para o Mundial", afirmou Sobis.

"Deu tudo certo. Fizemos um planejamento para este jogo e tudo correu da melhor maneira. Foi muito bom para fazer observações. Agora tenho um "bom problema" para definir a lista dos inscritos do Mundial. Tomara que eu faça as escolhas certas", disse o técnico Celso Roth.

Botafogo (1): Jéfferson; Antônio Carlos, Márcio Rosário e Leandro Guerreiro (Renato Cajá); Alessandro, Fahel, Túlio Souza (Jobson), Lúcio Flávio (Caio) e Marcelo Cordeiro; Edno e Loco Abreu. Técnico: Joel Santana.

Internacional (2): Muriel; Daniel, Ronaldo Alves, Juan e Massari; Glaydson, Derley (Eduardo Sasha), Andrezinho, Oscar (Tinga) e Rafael Sobis; Leandro Damião (Edu). Técnico: Celso Roth.

Gols: Andrezinho (I), aos 20min do segundo tempo, Rafael Sobis (I), aos 29min do segundo tempo, Antônio Carlos (B), aos 30min do segundo tempo.

Cartão amarelo: Massari (I).

Arbitragem: Ricardo Marques Ribeiro (Fifa/MG), auxiliado Helberth Costa Andrade e Janette Mara Arcanjo (trio mineiro).

Local: Engenhão, Rio de Janeiro.


Outras notícias
Loja Virtual