03/11/2010

Empate sem gols com o Fluminense

O Internacional empatou sem gols com o Fluminense, na noite desta quarta-feira, no Beira-Rio, em jogo válido pela 33ª rodada do Brasileirão. Na sexta colocação, com 50 pontos, o time colorado enfrentará o Atlético-GO fora de casa na próxima rodada.

Foi um duro confronto contra o líder do campeonato. O Inter foi persistente em busca do gol, movimentou-se bastante em campo e criou as melhores chances. Teve zagueiro tirado a bola de cima da linha, bola na trave e boas defesas do goleiro Ricardo Berna, que foi um dos destaques da partida. Agora, restam cinco rodadas para o final do Brasileirão. Confira a sequência de jogos do time colorado: Atlético-GO (fora), Avaí (casa), Botafogo (fora), Vitória (casa) e Grêmio Prudente (fora).

Inter quase marca no começo

O jogo começou com os dois times marcando forte. Ninguém conseguia ficar com a bola por muito tempo. Aos poucos, as jogadas começaram a fluir. O Inter chegou com muita força em dois lances seguidos. Aos 6min, D’Alessandro cobrou escanteio e Alecsandro cabeceou da marca penal, com força. A bola ia entrar se não fosse a intervenção salvadora de Diguinho, que afastou de cabeça em cima da linha do gol. Aos 7min, Giuliano deu um toquezinho com a cabeça e a bola sobrou na pequena área para Rafael Sobis, que chutou cruzado e acertou a trave esquerda. Porém, o lance já estava paralisado por impedimento.

Jogo veloz

A partida era disputada em alta velocidade, com os dois times se alternando nas investidas ofensivas. O Fluminense levou perigo aos 15min. Washington ficou livre na área, mas antes que ele conseguisse a conclusão, Índio apareceu para atrapalhar a vida do centroavante da equupe carioca. Aos 29min, Conca chutou próximo à trave direita de Renan. Aos 31min, Fernando Bob roubou a bola de Giuliano e chutou rente ao travessão. O Inter respondeu aos 33min, D’Alessandro cobrou falta do lado esquerdo da área e Alecsandro desviou de cabeça. A bola passou muito perto da trave direita de Ricardo Berna.

Pressão no final

Por pouco o Inter não foi para o intervalo com a vantagem no placar. O time do técnico Celso Roth pressionou muito nos minutos finais. Aos 40min, Rafael Sobis chutou da entrada da área para a defesa parcial de Berna. No rebote, Alecsandro chutou sem ângulo e a bola explodiu na trave pela segunda vez na partida. Aos 43min, Giuliano chutou rasteiro, de primeira, e o goleiro carioca fez defesa salvadora. Um minuto depois, Mariano chutou e Renan defendeu com segurança.

Duelo equilibrado no segundo tempo

O panorama da partida não se alterou na etapa final. Os dois times continuaram fazendo um jogo franco, com boas oportunidades de gol para ambos os lados. Aos 7min, Gum chutou com muito perigo sobre o gol do Inter. Aos 15min, Marquinhos entrou no lugar de Giuliano. Logo no seu segundo minuto em campo, o jovem atacante invadiu a área e chutou cruzado para boa defesa de Berna. 


Giuliano solta a perna contra o Flu: Inter pressiounou, mas não conseguiu superar os cariocas

Aos 19min, Rafael Sobis cabeceou e a bola passou rente ao travessão. No lance, o atacante foi empurrado no interior da área, mas o árbitro não marcou pênalti. Aos 21min, Renan fez grande defesa para escanteio após desvio de Leandro Euzébio na pequena área. Na sequência, Leandro Damião foi para o jogo no lugar de Rafael Sobis. Aos 23min, Damião desviou pelo alto e Berna ficou com a bola.

Andrezinho quase marca de falta

Aos 31min, Alecsandro foi substituído por Andrezinho. E coube ao meia-atacante a missão de cobrar uma falta na meia-lua logo no seu primeiro lance na partida. Andrezinho caprichou na cobrança, buscando o canto direito, mas Berna se esticou todo e espalmou para escanteio. Aos 34min, Leandro Damião recebeu lançamento na entrada da área e chutou ao lado do gol.

O Inter buscou o gol da vitória até o apito final. O Fluminense, por sua vez, valorizou cada minuto e se fechou atrás, afinal, o empate fora de casa foi considerado um bom resultado pelos cariocas. Neste sábado, o time colorado enfrentará o Atlético-GO em Goiânia.

“Tivemos altos e baixos dentro da partida. Poderíamos ter vencido”, avaliou o vice-presidente de futebol Fernando Carvalho.

"Temos que seguir trabalhando para vencer, é a melhor forma de se preparar para o Mundial, estamos jogando bem", falou Renan.

"Vamos procurar vencer os jogos que restam no Brasileirão. Também temos que pensar no Mundial, que é a competição é mas importante", disse Kleber.

"Tivemos uma atuação boa no que diz respeito à mecânica de jogo. Pecamos na finalização, e é nisso que temos que trabalhar para melhorar. Estamos criando, falta melhorar as conclusões", analisou o técnico Celso Roth.

Internacional (0): Renan; Nei, Bolívar, Índio e Kleber; Wilson Matias, Guiñazu, Giuliano (Marquinhos) e D'Alessandro; Rafael Sobis (Leandro Damião) e Alecsandro (Andrezinho). Técnico: Celso Roth.

Fluminense (0): Ricardo Berna; Mariano, Gum, Leandro Euzébio e Carlinhos; Diguinho, Fernando Bob (Valencia), Marquinho, Tartá e Conca (Belletti); Washington (Rodriguinho). Técnico: Muricy. Ramalho.

Cartões amarelos: Guiñazu, Wilson Matias, D’Alessandro, Alecsandro (I); Diguinho, Tart, Gum (F).

Arbitragem: Evandro Rogério Roman-PR (FIFA), auxiliado por Álvaro Rocha de Matos-BA (FIFA) e José Carlos Dias Passos-PR.

Público: 20.069 (17.968). Renda: R$ 252.370,00

Local: Beira-Rio.


Outras notícias
Loja Virtual