30/10/2010

Empate com o Santos no Beira-Rio

O Internacional empatou em 1 a 1 com o Santos, na tarde deste sábado, no Beira-Rio, pela 32ª rodada do Brasileirão. Leandro Damião marcou o gol do time colorado, que segue no sexto lugar, com 49 pontos.

O duelo entre os atuais campeões da Libertadores e da Copa do Brasil foi eletrizante. Ambos os times, que também são adversários diretos na tabela do Brasileirão, fizeram um jogo franco do primeiro ao último minuto.

O Inter teve boas chances de abrir o placar no primeiro tempo, quando pressionou muito o Santos, principalmente a partir dos 30 minutos. Na etapa final, o time colorado seguiu em cima, mas não conseguiu converter em gols o volume de jogo apresentado. O time da Vila Belmiro marcou primeiro, mas logo depois a equipe colorada chegou ao empate.

O resultado deixa o Inter na sexta colocação, a oito pontos do líder Fluminense. O time carioca é justamente o próximo adversário da equipe colorada no Beira-Rio, na próxima quarta-feira. Será mais um jogo decisivo. Compareça ao Gigante!

Apetite colorado

O Inter começou o jogo eletrizado. Com um envolvente toque de bola, o time colorado sufocou o Santos no seu campo de defesa. Aos 2min, Guiñazu passou pela marcação, invadiu a área e chutou forte para boa defesa do goleiro Rafael. A equipe da Vila Belmiro respondeu com força aos 6min: Neymar fez boa tabela e ficou cara a cara com Renan, porém, o chute rasteiro saiu fraco e foi defendido com segurança. Aos 8min, foi a vez do Inter tabelar com qualidade no plano ofensivo. Giuliano trocou passes com Guiñazu e disparou da entrada da área sobre o gol santista.

Adversário perigoso

O atual campeão da Copa do Brasil levava perigo nos contra-ataques. Aos 13min, Danilo foi lançado no lado direito da área e chutou cruzado para a defesa sensacional de Renan para escanteio. O Inter apertou a marcação na tentativa de conter o ímpeto dos garotos da Vila. Aos 22min, D’Alessandro chutou duas vezes da meia-lua, primeiro em cima do zagueiro, e depois ao lado trave direita. Aos 26min, Kleber arriscou de longe e a bola passou ao lado esquerdo do gol. Dois minutos depois, Kleber alçou para a área e Alecsandro quase conseguiu o desvio.

Pressão total

A partir dos 30min, o Inter passou a pressionar com intensidade em busca do primeiro gol. Aos 33min, Wilson Matias chutou colocado e acertou o travessão. No rebote, Rafael Sobis ganhou do zagueiro na pequena área e chutou por cima, com muito perigo. Quase o gol colorado! Aos 35min, após bate-rebate na área que teve até mão de Zé Eduardo que o árbitro não marcou pênalti, a bola sobrou para Índio, que chutou ao lado da trave esquerda.

Aos 38min, um verdadeiro bombardeiro do Inter: primeiro com Alecsandro, que chutou cruzado para defesa parcial de Rafael. No rebote, Sobis soltou uma pancada frontal que o goleiro defendeu, desta vez em definitivo.


Inter encarou um difícil duelo com o Santos no Beira-Rio

Nei, o anjo da guarda

Aos 39min, Nei salvou o Inter ao tirar de bicicleta, de cima da linha, a bola que iria entrar no gol após o choque de Renan com Edu Dracena na pequena área. O jogo ficou nervoso, com muitas faltas cometidas pelos jogadores do Santos, até o apito final do primeiro tempo.

Segundo tempo complicado

O Inter voltou para a etapa final disposto a seguir pressionando o Santos. Logo aos 4min, Bolívar desviou de cabeça após o cruzamento de Kleber e quase surpreendeu o goleiro Rafael. Porém, não estava fácil de conseguir a finalização, já que o time do litoral paulista se fechava de maneira eficiente à frente da área. Aos 12min, Alecsandro chutou para defesa tranquila de Rafael. Aos 19min, Edu entrou no lugar de Rafael Sobis. Pouco depois, Andrezinho foi para o jogo na vaga de Giuliano.

O Santos, por sua vez, pouco ameaçava. Neymar  e Zé Eduardo estavam muito bem marcados pela defesa colorada. Em uma rara escapada, aos 24min, Neymar cabeceou sobre o gol. Aos 27min, Edu fez boa jogada na linha de fundo e cruzou para a pequena área: Alecsandro preparava-se para o cabeceio quando o zagueiro santista apareceu para fazer o corte providencial. Aos 32min, Alecsandro saiu para a entrada de Leandro Damião.

Santos faz 1 a 0

Aos 33min, Zé Eduardo ganhou da marcação e chutou no ângulo direito de Renan.

Inter reage e empata

O Inter não se abateu com o gol do adversário, e aos 37min, Kleber fez um cruzamento na medida para Leandro Damião, que cabeceou com qualidade para empatar o jogo. Foi 0 10º gol do atacante com a camisa colorada e o seu quinto no Brasileirão.

O time de Celso Roth lutou muito nos minutos finais em busca do gol da vitória, mas o jogo acabou empatado no Beira-Rio. Na próxima quarta-feira (3/11), às 19h30, o Inter volta a atuar em casa, diante do Fluminense.

"Agora é partir para cima do Fluminense no próximo jogo em casa pra conseguir a vitória de qualquer jeito", falou Leandro Damião.

"Tivemos boa posse de bola. Faltou um pouco de profundidade, mas fizemos uma boa partida contra um adversário qualificado. Foi um clássico do futebol brasileiro. O Inter tomou sempre a iniciativa e o Santos jogou no nosso erro", avaliou o técnico Celso Roth.

Internacional (1): Renan; Nei, Bolívar, Índio e Kleber; Wilson Matias, Guiñazu, Giuliano (Andrezinho), D'Alessandro e Rafael Sobis (Edu); Alecsandro (Leandro Damião). Técnico: Celso Roth.

Santos (1): Rafael; Pará, Durval, Edu Dracena e Léo (Alex Sandro); Roberto Brum, Arouca (Rodriguinho), Danilo e Alan Patrick (Marquinhos); Neymar e Zé Eduardo. Técnico: Marcelo Martellote.

Gols: Zé Eduardo (S), aos 33min do segundo tempo, Leandro Damião (I), aos 37min do segundo tempo.

Cartões amarelos: Rodriguinho, Zé Eduardo (S); Guiñazu, D’Alessandro (I).

Arbitragem: Paulo Godoy Bezerra (SC), auxiliado por Carlos Berkenbrock (Fifa/SC) e Marco Antonio Martins (SC).

Público: 29.565 (25.178 pagantes). Renda: R$ 459.005,00.

Local: Beira-Rio.


Outras notícias
Loja Virtual