13/09/2010

Fronteira Oeste recebe com festa a taça do bi da América

Foram mais de 600 quilômetros rodados pelo ônibus Campeão de Tudo na viagem à Fronteira Oeste do Rio Grande do Sul nos dias 9 e 10 de setembro. E uma certeza de que na estrada percorrida havia muita vibração pelas conquistas do Sport Club Internacional. Assim foi o roteiro da delegação da Comunicação Social colorada rumo às cidades de Alegrete e Uruguaiana.

A comemoração em Alegrete

Ao chegar no primeiro destino, Alegrete, a comitiva foi recebida pelo cônsul, conselheiro e diretor regional Gilberto Gibicocski, e em seguida uma grande carreata começou no início da cidade. E a comoção tomou contas das ruas. Por onde passava o ônibus vermelho, os moradores do município saudavam empolgados a visita do Internacional. Foguetes, bombas, bandeiras, sorrisos e gritos acompanhavam a taça do bi da Libertadores da América, que desfilou no caminhão do corpo de bombeiros.


Alegrete: mais um jantar organizado por consulado mobilizou centenas de colorados

Após o desfile, houve jantar show organizado pelo consulado alegretense, no Clube Juventude, com a presença de 380 pessoas. Os torcedores além de registrar o momento com fotografias dos troféus ganhos pelo Inter, tiveram a oportunidade de conhecer de perto quatro ídolos eternos colorados: Manga, o goleiro fenômeno da década de 70, o zagueiro Pinga, o meia atacante Popéia e Claudiomiro, o homem do primeiro gol do estádio Beira-Rio.

Ao discursar, o cônsul honorário alegretense Glênio Bolsson fez um anúncio animador para a cidade: "Estamos implantando a criação de um Genoma Colorado aqui em Alegrete. É uma oportunidade única de descobrir novos talentos para o futebol, além de valorizar o sentimento colorado". Importante momento também foi quando Gilberto Gibicoski foi agraciado pelas autoridades locais com o título de cidadão alegretense, pelos serviços prestados à comunidade.


Mascote dos projetos sociais colorados, o Escurinho faz a alegria da criançada por onde passa

Para encerrar a primeira noite da viagem com chave de ouro, o mascote dos projetos sociais Interagir, o macaco Escurinho, encantou o grande número de crianças presentes. E a banda Ataque Colorado embalou a festa com músicas que são hits da torcida colorada no Gigante da Beira-Rio.


Delegação do Internacional que viajou para os eventos na Fronteira Oeste do Rio Grande do Sul

Bandeira encanta em Uruguaiana

No outro dia, a chegada em Uruguaiana. Logo no início da cidade uma amostra do orgulho rubro, uma bandeira do Internacional hasteada em mastro de 30 metros de altura. A delegação foi recebida no 1º Núcleo do torcedor colorado, pelo cônsul José Marcos Azambuja. No local, as taças foram expostas e os ex-jogadores distribuíram autógrafos e fotos para alegria dos torcedores que lotaram a sede consular. 


Uruguaiana: repetindo o feito de Alegrete, a cidade celebrou o Inter com centenas de apaixonados colorados

No fim da tarde, uma carreata com a exibição da taça da Libertadores da América coloriu de vermelho o município, causando muito alvoroço e festejos. Após, começou o jantar show na Associação Atlética do Banco do Brasil (AABB) para 420 pessoas presentes. Novamente, o símbolo do Interagir, Escurinho, animou as crianças e a banda Ataque Colorado agitou até altas horas com seus versos e ritmos.

Durante o evento, o prefeito municipal de Uruguaiana, Sanchotene Felice, discursou emocionado. “Tenho orgulho de ser colorado e de fazer com que Uruguaiana seja tomada pelo coloradismo desde o seu ponto de chegada”, disse o prefeito referindo-se à bandeira colocada na avenida Presidente Vargas.

Conquistas dentro e fora de campo

Nas duas cidades, o diretor geral de comunicação social do Internacional, Luis Carlos Hauber, enalteceu as conquistas do Inter dentro e fora de campo. “O Internacional não é somente vencedor no futebol, temos muita felicidade em comemorar os resultados de nossos projetos sociais. O Interagir é um exemplo para todos os clubes do Brasil ao atender crianças e adolescentes”, disse Hauber.

E como não poderia faltar em seu discurso, “Como é bom ser colorado”, expressou Hauber para a euforia de todos. A Fronteira Oeste do Estado viveu intensamente, durante os dois dias de visita da delegação da comunicação social, a celebração da paixão pelo Inter.


Escurinho atende ao pedido de fotos junto às gloriosas taças da Libertadores (D), Mundial (C) e Recopa (E)


Outras notícias
Loja Virtual