25/07/2010

Inter vence Flamengo e segue no G-4

Atuando com um time misto, o Internacional conquistou a quarta vitória consecutiva no Brasileirão ao bater o Flamengo por 1 a 0, na tarde deste domingo, no Beira-Rio. Taison marcou um golaço de fora da área na partida válida pela 11ª rodada. Com o resultado, o Inter manteve-se na quarta colocação, com 19 pontos.


Taison (E) comemora: atacante marcou um belo gol, o seu terceiro no Brasileirão

O time colorado segue com 100% de aproveitamento na retomada do campeonato após o recesso da Copa do Mundo. São 12 pontos conquistados nas últimas quatro partidas, aproveitamento que deixou o Inter na briga pelas primeiras posições do Brasileirão. A equipe do técnico Celso Roth também é dona do ataque mais positivo do campeonato, com 19 gols.

Contra o Flamengo, o time colorado teve sete titulares poupados (Pato Abbondanzieri, Bolívar, Nei, Kleber, Sandro, D'Alessandro e Alecsandro), já que a prioridade é o jogo decisivo diante do São Paulo, na próxima quarta, pela Libertadores. A partida contra os cariocas marcou as reestreias de Tinga, Rafael Sobis e Renan no Beira-Rio. Campeões da América em 2006, eles reencontraram a torcida colorada justamente às vésperas do jogo decisivo contra o São Paulo.

O jogo

A partida começou eletrizante. Aos 3min, o Flamengo acertou o travessão em uma cabeçada do zagueiro Rômulo. Na jogada seguinte, Taison arriscou de fora da área e acertou o ângulo esquerdo de Macelo Lomba. Golaço do jovem atacante! Foi o seu terceiro no Brasileirão e o 35º com a camisa colorada. O time da Gávea quase chegou ao empate aos 12min, com Petkovic cobrando falta e Jean cabeceando com perigo por cima.


Jogadores comemoram: Inter chegou à quarta vitória seguida no Brasileirão

O Inter jogava com facilidade, principalmente pelo lado esquerdo, com as boas investidas de Taison. O atacante Everton também apresentava boa movimentação. Com dificuldades para segurar o ímpeto colorado, o Flamengo abusava das faltas, muitas delas não marcadas pelo árbitro Wilson Luiz Seneme. Aos 26min, o goleiro Marcelo Lomba protagonizou um lance patético: apertado por Everton na pequena área, ele furou em bola ao tentar afastá-la com um chutão. O camisa 29 do Flamengo conseguiu se recuperar e fez a defesa, mas não escapou da chacota da torcida colorada.

A equipe armada por Celso Roth mantinha-se no campo de ataque sufocando a defesa adversária. Aos 27min, o Inter envolveu a marcação no interior da área até que o Juan, do Inter, apareceu para chutar sobre o gol. Aos 32min, Rafael Sobis chutou cruzado, Lomba espalmou, e após bate- rebate em Juan e Rômulo, a bola passou rente à trave direita. Quase o segundo gol!

Aos 37min, Taison experimentou de longe e a bola saiu perigosamente pela linha de fundo. Aos 44min, Taison deu um balãozinho em Juan e lançou Everton. O atacante perdeu o ângulo e passou a bola para Sobis, que chutou forte para defesa de Lomba.

No intervalo, Val Baiano e Marquinhos entraram nos lugares de Rômulo e Diego Maurício, no Flamengo.

O Beira-Rio por pouco não explodiu novamente de alegria aos 5min da etapa final, quando Rafael Sobis tentou o cruzamento para a área e a bola acabou acertando no travessão.

Aos 10min, Renan salvou o Inter com uma grande defesa após o chute à queima-roupa de Vinícius Pacheco. O jogo estava franco. Na jogada seguinte, Taison chutou cruzado e Lomba espalmou a bola antes de ela explodir na trave. Por pouco o Inter não ampliou!

O time colorado mantinha o ritmo forte, dificultando as tentativas de reação do Flamengo. Em uma rara chance do time carioca, a estrela de Renan brilhou novamente. Foi aos 22min, quando Petkovic cobrou escanteio e o goleiro fez grande defesa em dois tempos.

Aos 28min, Taison deixou o campo muito aplaudido para a entrada de Andrezinho. Logo depois, foi a vez de Rafael Sobis dar lugar a Giuliano. E aos 33min, o próprio Giuliano quase deixou a sua marca. O meia-atacante chutou cruzado da entrada da área e a bola passou muito perto da trave esquerda.

Aos 35min, Roth tirou Tinga e colocou Derley. O volante foi muito saudado pela massa colorada na saída de campo. Aos 40min, Petkovic cobrou escanteio com efeito e Renan espalmou providencialmente para novo escanteio.

O jogo ficou movimentado nos últimos minutos, mas o Inter manteve o controle até o final e pôde comemorar a quarta vitória seguida na competição nacional. No próximo domingo (1º/8), o adversário é o Grêmio, no Beira-Rio, pela 12ª rodada.

"Está todo mundo de parabéns. O trabalho que fazemos é forte; o grupo é forte. Todo mundo procurou se empenhar", comemorou Índio.

"Vamos dar o máximo para vencer quarta. Meu gol não me garantiu contra o São Paulo. Tenho certeza de que todos querem jogar", disse Taison.

"Fomos ótimo hoje. A equipe do Flamengo é qualificada e, mesmo com um time misto, vencemos. Agora é outra competição e o foco é total", garante Rafael Sobis.

"Atuação sem tomar gol. Isso é importante e aprendi a valorizar na Europa. Mesmo com um tempo sem jogar, fiz uma atuação sem comprometer. Agora é seguir trabalhando", falou Renan.

"O jogo foi bom. O Flamengo é um time de qualidade que, mesmo perdendo jogadores na metade do ano, manteve o estilo. Nós tivemos a felicidade de marcar o gol no início do jogo, que deu tranquilidade e nos deu condição de atuar bem. Sempre é importante ganhar. O Inter mostrou mais uma vez a força do grupo que tem. Apesar das mudanças, mantivemos um padrão de jogo. Esta vitória é dos jogadores. Nosso astral está bom e vamos encarar mais este desafio contra o São Paulo", avaliou o técnico Celso Roth.

Internacional (1): Renan; Daniel, Índio, Fabiano Eller e Juan; Wilson Matias, Guiñazu, Tinga (Derley) e Taison (Andrezinho); Everton e Rafael Sobis (Giuliano). Técnico: Celso Roth.

Flamengo (0): Marcelo Lomba; Léo Moura, Jean, Ronaldo Angelim e Juan; Romulo (Marquinhos), Willians, Correa, Petkovic; Vinícius Pacheco (Cristian Borja) e Diego Maurício (Val Baiano). Técnico: Rogério Lourenço.

Gol: Taison (I), aos 4 minutos do primeiro tempo.

Cartões amarelos: Taison, Everton, Tinga, Juan, Giuliano e Daniel (I); Jean e Vinicius Pacheco (F).

Arbitragem: Wilson Luiz Seneme, auxiliado por Ednilson Corona e Emerson Augusto de Carvalho (trio paulista).

Local: Beira-Rio, Porto Alegre.


Outras notícias
Loja Virtual