20/07/2010

O que os jornais de BH falaram nesta terça-feira

Por Marcos Bertoncello (texto)
direto de Belo Horizonte

O grande destaque dos jornais em Belo Horizonte nesta terça-feira não é o Atlético-MG nem Inter, tão pouco é o futebol. O caso do goleiro Bruno, que foi revelado pelo Galo, é a notícia que gera maior repercussão nas páginas dos diários mineiros. O jogador é acusado de ter envolvimento no desaparecimento de sua amante Eliza Samudio, em junho. O Estado de Minas, por exemplo, no seu modelo 'standard' (cerca de 55 cm de comprimento), cedeu três páginas inteiras para discorrer sobre o assunto.

Falando de futebol, o veículo da capital ressalta a contratação do zagueiro Réver pelo Atlético-MG. O jogador, que estava no Wolfsburg, da Alemanha, é o mais novo reforço do time e está liberado para atuar ainda em julho, devido à antecipação da janela de transferências confirmada pela CBF nesta segunda-feira. Como não foi apresentado, não atuará nesta quarta.

Assim como ele, Daniel Carvalho, bicampeão gaúcho com o Inter e reforço pedido por Vanderlei Luxemburgo, também poderá estrear pelo Atlético contra o seu ex-clube. O jogador, segundo o jornal, necessita apenas acelerar o envio de documentos por parte da Federação Russa de Futebol ainda nesta terça (Daniel Carvalho atuava no CSKA Moscou).

Respeito ao Inter

"Colorado chega bem forte". Este foi a chamada da matéria sobre o Internacional em Belo Horizonte para a partida contra o Atlético-MG, escrito no Estado de Minas. O jornal, assim como falou sobre Réver e Daniel Carvalho, também enalteceu as presenças de Tinga, Rafael Sobis e Renan. A volta de Guiñazu, após recuperada lesão, foi outro destaque da matéria.

Crítica à Arena do Jacaré

O jornal O Tempo estampa em sua contracapa o desgosto das torcidas de Belo Horizonte com o Estádio Arena do Jacaré, palco da partida entre Inter e Atlético-MG. Prova disto, usada pelo veículo, é a baixa média de público, comparada às partidas no Mineirão.


Outras notícias
Loja Virtual