18/07/2010

Inter vence Ceará por 2 a 1 no Gigante

O Internacional subiu na tabela do Campeonato Brasileiro ao vencer o Ceará por 2 a 1 na tarde deste domingo, no Estádio Beira-Rio, pela nona rodada da competição. Alecsandro, de pênalti, e Kleber anotaram os gols colorados, enquanto Michel descontou para os visitantes. O time colorado soma agora 13 pontos no Brasileirão, na sétima posição, e está cada vez mais próximo da zona de classificação à Copa Libertadores da América: dois pontos. 


Alecsandro (E) e Kleber fizeram os gols na vitória do Inter por 2 a 1 no Beira-Rio

O jogo

Chuva, chuva e mais chuva. Além de enfrentar o Ceará, o Internacional teve que encarar a constante chuva, aliada ao intenso frio, no Beira-Rio. Estavam em campo a equipe de Celso Roth, que ainda não havia levado gol sob seu comando, e o time cearense, dono da defesa menos vazada no Campeonato Brasileiro (um gol sofrido até então) e da invencibilidade na competição. A partida por isso começou equilibrada, mas com uma leve vantagem do Inter na posse de bola.

Mesmo com as condições climáticas desfavoráveis, o gramado do Gigante estava impecável, permitindo o domínio de bola colorado. A primeira grande chance foi do time de Roth. Aos 10min, Sandro deu um toque rápido para D'Alessandro dentro da área pelo lado direito. O meia conseguiu driblar o goleiro Diego, mas, sem ângulo, acabou chutando mascado com a zaga na rede pelo lado de fora.

Inter fura o ferrolho

Cinco minutos depois pintou a grande jogada do Inter, que furou a zaga nordestina e resultou em gol. D'Alessandro serviu o meia Giuliano na entrada da área, que driblou o volante Michel e foi derrubado. Alício Pena Júnior não teve dúvidas em assinalar pênalti. Alecsandro partiu para a cobrança e bateu forte e alto, balançando as redes do Ceará, 1 a 0 Inter! Foi o 45º gol do artilheiro colorado; o 17ª na temporada 2010.

A partir daí, o Ceará teve que sair para  jogo, dando espaços para os ataques rápidos do Inter, puxados por Taison, Giuliano e D'Alessandro. Os visitantes, aos 22min, conseguiram então levar perigo ao gol colorado pela primeira vez. Careca recebeu cruzamento dentro da área, matou no peito e bateu forte para espetacular defesa de Pato Abbondanzieri, que espalmou para a linha de fundo.

Equilíbrio até o final da primeira etapa

O jogo ficou aberto. Ambas as equipes atacavam, porém as conclusões não apareciam. Apesar do gol colorado, poucas eram as chances que as defesas davam para os atacantes marcarem. Sobrava então para o meio-campo de Inter e Ceará. A partida se encaminhava deste jeito até o término do primeiro tempo.

Para se ter uma ideia, após o chute de Careca, aos 22 minutos, não houve mais qualquer finalização a gol até a batida rasteira de Taison, aos 41min, para defesa segura do goleiro cearense. Aos 45min, Sandro ainda cabeceou por cima do gol, após cruzamento de Kleber. E deu. Fim de papo, vantagem do Inter no placar e aplausos da torcida presente.

Segundo tempo

Na etapa final, o técnico Celso Roth exigiu: "Temos que ser mais objetivos". E no primeiro minuto, o Internacional atendeu ao pedido. Taison triangulou com D'Alessandro, que achou Kleber vindo de trás. O lateral bateu forte estufando as redes do Ceará, 2 a 0. O time colorado dominava o jogo e os visitantes se viam obrigados a seguir se defendendo. Aos 11min, Giuliano chutou cruzado e a bola bateu no pé da trave antes de ir para fora.

O Internacional não dava espaços para o Ceará e seria somente em um lance casual para os nordestinos chegarem ao gol. E foi isso que ocorreu. Aos 17min, Michel arriscou de fora da área e a bola, molhada, acabou enganando Pato Abbondanzieri, 2 a 1. Logo depois, o Colorado tentou dar a resposta. Taison invadiu a grande área, mas o zagueiro João Marcos afastou o perigo.

Vitória colorada

O confronto voltou a ficar parelho depois disso, com o Inter administrando o placar e o Ceará tentando de qualquer maneira o gol de empate. Assim se desenhava os minutos finais do jogo. Em um contra-ataque rápido do time de Celso Roth, aos 46min, Everton recebeu um lançamento longo de D'Alessandro. O atacante, que havia substituído Taison, avançou pela esquerda e chutou desequilibrado para fora. O Ceará ainda levou perigo com Oziel, aos 48min, que chutou para fora. Mas a vitória foi do Internacional: 2 a 1!

O próximo confronto da equipe colorada será nesta quarta-feira, às 19h30, contra o Atlético-MG, no Estádio Arena do Jacaré, na cidade de Sete Lagoas, em Minas Gerais.


Inter agora soma 13 pontos na tabela de classificação do campeonato nacional

Entrevistas

"É importante o grupo saber que foi um grande resultado, mas temos que melhorar muito ainda", afirmou Bolívar.

"Estamos de parabéns, pois o Ceará é uma das melhores equipes do Brasileirão", disse Sandro.

Ficha técnica

Inter (2): Pato Abbondanzieri; Nei, Bolívar, Índio e Kleber; Sandro, Wilson Mathias (Glaydson), D'Alessandro, Giuliano (Andrezinho) e Taison (Everton); Alecsandro. Técnico: Celso Roth.

Ceará (1): Diego; Jorge Luiz, Anderson e João Marcos; Oziel, Careca, Michel (Camilo), Geraldo (Erick Flores) e Ernandes; Misael (Tony) e Washington. Técnico: Estevam Soares.

Gols: Alecsandro (I), aos 17 minutos do primeiro tempo. Kleber (I), aos 2 minutos. Michel (C), aos 17 do segundo tempo.

Arbitragem: Alicio Pena Júnior, auxiliado por Guilherme Dias Camilo e Jair Albano Felix (trio mineiro)

Cartões amarelos: Alecsandro (I), Sandro (I), Wilson Matias (I) e Everton (I); Michel (C).

Local: Beira-Rio, em Porto Alegre

Público: 6.483 / Renda: R$ 84.685,00


Outras notícias
Loja Virtual