24/06/2010

Treino tático com a cara de Roth

Quem acompanhou o treino na tarde desta quinta-feira, no campo suplementar, pôde conhecer um pouco mais do estilo de trabalho de Celso Roth. O técnico colorado montou dois times e exercitou com afinco a disposição dos jogadores em todas as linhas, tanto defensiva como ofensiva. A marcação sob pressão foi uma exigência constante do treinador.

"A marcação tem que ser de pressão. Mudou o lado do jogo, todo mundo tem que sair do lugar para fechar o lado contrário para pegar a bola ou parar a jogada", orientava Roth. Em outros momentos, ele foi incisivo com jogadores que haviam errado a execução de um determinado movimento: "Não pode errar aí. Tem que jogar para frente, e não para trás", cobrou.

O time titular teve o retorno de Fabiano Eller na zaga. Sandro, Glaydson e Guiñazu formaram a linha de volantes, mas em diversos momentos o capitão argentino juntou-se a D'Alessandro e Giuliano na articulação. Alecsandro foi o homem de referência no ataque. O Inter treinou com Pato Abbondanzieri; Nei, Bolívar, Fabiano Eller e Kleber; Sandro, Glaydson, Guiñazu, Giuliano e D'Alessandro; Alecsandro. Os reservas formaram-se com Muriel; Daniel, Índio, Sorondo e Juan; Derley, Wilson Matias, Tinga e Edu; Taison e Walter.


Roth e o capitão Guiñazu trocam informações durante o treino tático

Tinga e Walter treinaram entre os reservas. O primeiro ainda aguarda pela janela de transferência, prevista inicialmente para agosto, apesar do Inter seguir tentando a antecipação. Walter, por sua vez, foi punido pela Conmebol e não poderá enfrentar o São Paulo, pela Libertadores. Renan, que também aguarda pela regularização legal, e Lauro, suspenso pela Conmebol, treinaram somente com o preparador de goleiros Clemer. Andrezinho e Bruno Silva, com dores musculares, foram poupados.

Como o treino foi apenas tático, com muitas interrrupções para que Roth passasse as orientações, a maioria das jogadas não teve progressão. Mesmo assim, Alecsandro, D'Alessandro e Giuliano balançaram as redes com belos gols.

Após mais de 1h40min de treino, já ao anoitecer, Roth reuniu os titulares no centro do gramado para uma conversa. Logo depois, o grupo colorado rumou para a concentração no hotel, afinal, estão previstos trabalhos em dois turnos nesta sexta-feira.

"Hoje deu para imaginar o que o técnico está querendo. Não deu para fazer totalmente ainda, pois um treino só é pouco. Aos poucos a gente vai pegando, mas tem bastante tempo pela frente. O Roth vai falar bastante sobre isso, sobre pressão e marcação, a hora de pressionar no campo de ataque, a hora de pressionar no meio-campo", observou Fabiano Eller na entrevista coletiva após o trabalho tático.


Outras notícias
Loja Virtual