23/05/2010

Artigo: Um, dois, três, quatro...

Por Roberto Siegmann
Vice-presidente de Serviços Especializados e assessor de futebol

Quando ingressamos no vestiário do estádio Centenário, em Quilmes, estava escrito na parede: pior que a derrota é desistir da luta.

O ambiente era de responsabilidade, pois estávamos prestes a decidir a classificação para as semifinais da Libertadores da América diante de um grande adversário – o atual campeão da competição. Aquela frase me fez refletir, eis que poderia ser resumida em uma só palavra, atitude.

Foi exatamente o que vimos em campo, um INTER que buscou, uma vez mais, o resultado necessário até o último segundo.
Jogo difícil em todos os seus aspectos, como é próprio da Libertadores, ninguém está nela por acaso.

Nós, apesar das dificuldades, estamos entre os quatro melhores do continente. Isso é pouco? Claro que não, pois nos enche de orgulho e faz com que o Rio Grande seja tomado por nossos torcedores ostentando a camiseta rubra.

Graças à atitude dos nossos jogadores, verdadeiros guerreiros em campo contagiados pela postura firme do técnico Fossati e da extraordinária jogada de Andrezinho, que deixou a bola em condições para o chute certeiro de Giuliano, calamos os torcedores do Estudiantes. Nas arquibancadas e nos bastidores, muita festa. A festa da bravura e da atitude de não desistir.

Somos testemunhas de um momento ímpar, do grupo fechado, da comissão técnica respeitada e valorizada e da contagiante vontade de avançar.

Foi assim. É assim que funciona no mundo real, o avanço é passo a passo. No mundo da fantasia, ou no mundo do ingênuo Cândido de Voltaire, prevalece a teoria do mais dez metros para cá ou para lá, alimentando a verbe dos sábios de ocasião. O resto, é resto, é fofoca, é intriga e brincadeiras levianas, com as quais já nos acostumamos.
 
Estamos fechados e blindados, a nossa imensa torcida é testemunha disso em sua inteligência e percepção.

Ah, já ia esquecendo de um detalhe importante: que magnífico preparo físico estão apresentando nossos atletas. Um bom tema para o debate.


Outras notícias
Loja Virtual