16/05/2010

Copa do Centenário chega ao fim com dois jogos eletrizantes

Depois de seis meses, chegou ao fim na manhã de domingo (16/5) a Copa do Centenário. Vinte e cinco equipes disputaram a competição, que foi dividida em duas chaves. Pela categoria sênior venceu o time Moinhos. Pela master, a campeão foi a 4 de abril. Os dois jogos foram realizados no gramado do Estádio Beira-Rio.


Troféus e medalhas foram concedidos aos campeões

Foram duas partidas eletrizantes. Na final da categoria sênior, as equipes Moinhos, de vermelho, e Falcões, de branco, mostraram muita vontade de vencer. A Moinhos saiu na frente, com dois gols. A Falcões descontou na segunda etapa, com um gol de pênalti, mas os vermelhos ainda marcaram mais um, também de pênalti, e fecharam o placar por 3 x 1.

Já a final master teve ainda mais emoção. O time 4 de abril, de camisas vermelhas, saiu na frente, marcando dois gols logo no primeiro tempo. Mas mal começou a etapa final e a equipe Barcelona iniciou a reação, chegando ao empate, que prevaleceu até o fim do jogo: 2 x 2. Assim, a partida foi para a prorrogação, e outra vez os times empataram, dessa vez sem gols. A solução, então, foi levar a decisão para os pênaltis. Depois de oito cobranças, a equipe 4 de abril saiu campeã, vencendo por 5 x 4.    


Moinhos de Vento foi o campeão sênior da Copa do Centenário

Os campeões receberam seus troféus das mãos de um dos maiores ídolos da centenária história colorada: o goleiro Manga. A competição foi disputada por torcedores em comemoração aos 100 anos do Internacional.


Outras notícias
Loja Virtual