12/05/2010

Inter e Estudiantes começam a decidir uma vaga na semifinal

Será um duelo de titãs. O Inter encara o atual campeão da América no primeiro encontro com o time de La Plata desde a final da Copa Sul-Americana de 2008. No dia 3 de dezembro daquele ano, o time colorado conquistou o título inédito, sagrando-se o legítimo ‘Campeão de Tudo’. Venceu na Argentina por 1 a 0 e levantou a única taça que faltava na sua história centenária ao vencer por 1 a 0 na prorrogação do jogo da volta, no Gigante.

Diversos jogadores do Estudiantes que estiveram em campo nas finais de 2008 devem enfrentar novamente o Inter nesta quinta. Alguns vêem o jogo inclusive como uma revanche. Alheio à percepção que o adversário tem sobre a partida, o Inter quer repetir as atuações apresentadas em casa na edição deste ano da competição continental. O time do técnico Jorge Fossati está invicto em seus domínios na Libertadores 2010. Mais do que vencer, o objetivo é construir um bom resultado no jogo de ida para encaminhar a vaga entre os quatro melhores.


Lateral Nei deve etar em campo em mais um desafio na busca pelo bicampeonato da América

Para tanto, é preciso vencer com o melhor escore possível e não sofrer gols, que pesam muito em função do saldo qualificado. O jogo de volta será disputado no dia 20 de maio, em Quilmes, na Argentina. "Já conversamos bastante sobre a importância de mantermos nossa postura. Nada será decidido neste primeiro jogo, e apesar de precisarmos vencer, não podemos sair desesperadamente em busca do gol. É preciso jogar de forma inteligente, como a gente tem feito até agora", avalia Andrezinho.

O time que começa a partida já está definido, porém, será divulgado somente momentos antes do confronto. Kleber, que cumpriu suspensão no segundo jogo contra o Banfield, volta ao time. Fossati não antecipou se irá utilizar o esquema com três ou dois zagueiros. “O certo é que não mudaremos nosso estilo de jogo. Não jogamos em função do adversário. Temos um padrão e pretendemos mantê-lo nesta quinta”, ponderou o técnico.

Foram relacionados 19 jogadores para o duelo com o Estudiantes. Confira: Pato Abbondanzieri, Alecsandro, Andrezinho, Bolívar, D'Alessandro, Edu, Fabiano Eller, Giuliano, Glaydson, Guiñazu, Kleber, Lauro, Leandro Damião, Nei, Sandro, Sorondo, Taison, Walter e Wilson Mathias.

Caldeirão colorado

A boa campanha colorada na Libertadores 2010 está diretamente ligada à supremacia do time no Beira-Rio. E a torcida desempenha um papel fundamental nesta atmosfera vitoriosa, fazendo da casa dos colorados um verdadeiro caldeirão. O apoio das arquibancadas é uma energia extra de motivação injetada nos jogadores. E a reposta em campo tem sido em forma de vitórias. Foi assim contra Emelec, Cerro do Uruguai, Deportivo Quito e Banfield, quando o time mostrou muita garra e superação na busca pelos resultados.


Beira-Rio vai ser um show à parte na partida entre Inter e Estudiantes

Contra o Estudiantes, nesta quinta, o Gigante também vai receber um grande público. Os ingressos esgotaram-se já na terça à noite, e a venda para a torcida em geral não foi nem disponibilizada. Apenas sócios irão assistir ao jogão, assim como foi na final da Sul-Americana contra o próprio Estudiantes, em 2008, e na final da Copa do Brasil diante do Corinthians, em 2009. O Beira-Rio vai rugir mais uma vez!


Outras notícias
Loja Virtual