25/04/2010

Inter larga em desvantagem na decisão

O Inter foi derrotado por 2 a 0 no Gre-Nal 380, disputado na tarde deste domingo, no Beira-Rio, no primeiro jogo da final do Gauchão. Os dois gols saíram em lances de bola parada no segundo tempo. O clássico de volta que decidirá o título será disputado no próximo domingo (2/5), no Olímpico. O Inter fica com a taça se vencer por 3 a 0. Vitória por dois gols de diferença - menos o 2 a 0, que levaria a decisão para os pênaltis - é favorável ao time colorado na luta pelo tricampeonato estadual.


Inter, de Andrezinho, irá em busca da virada no clássico do próximo domingo, no Olímpico

Começo em alto ritmo

O Gre-Nal 380 começou em alta intensidade, com muitos choques, disposição e raça. Os dois times marcavam forte, fechando os espaços no campo. O Inter trocava passes no meio-campo na tentativa de transpor o ferrolho armando pelo Grêmio na frente da sua área. Aos 7min, Sandro fez grande cruzamento para Walter que entrou de carrinho para concluir, a bola bateu em Victor, na trave e Alecsandro completou para o gol, mas o juiz anulou o lance por impedimento. Aos 9min, D´Alessandro arriscou de fora da área ao lado do gol, por cima.

Chances para os dois lados

O Grêmio assustou aos 15min, quando Borges recebeu na esquerda, entrou na área livre e chutou colocado para fora, desperdiçando grande oportunidade. Aos 16min, Hugo recebeu cruzamento e cabeceia com perigo ao lado. A resposta do Inter foi fulminante, aos 18min: Walter deu uma bomba na entrada da área e Victor salvou pra escanteio. Que chutaço! Depois do escanteio, Bolívar conseguiu cabecear, a bola sobrou para Walter que chutou e Edílson salvou em cima da linha. Quase o gol colorado!


Walter lutou muito no ataque no Gre-Nal 380

O jogo estava aberto. Aos 20min, Jonas entrou na área, pela direita, driblou a zaga e chutou no cantinho para a boa defesa de Pato. Três minutos depois, Walter cruzou da direita, Alecsandro buscou a cabeceada e se chocou com Victor, que se atirou pedindo atendimento.

Inter toma a iniciativa

O Inter tinha mais volume de jogo e pressionava em busca do gol. Walter se destacava com boa movimentação no ataque, abrindo espaço entre os marcadores com arrancadas verticais e dribles curtos. Aos 28min, uma jogada ensaiada colorada quase redundou em um golaço. D´Alessandro tocou para Sandro que deu uma bomba e a bola passou muito perto do ângulo. Que lance!

Os 15 minutos finais foram de domínio total do Inter. Aos 31min, Andrezinho deu grande passe para Nei, livre na área. O lateral tentou ajeitar de cabeça para um dos atacantes, mas a zaga afastou. Aos 33min, o Inter bombardeou a área do Grêmio: Nei cruzou para Walter, a bola estava sobrando para Alecsandro, mas Rodrigo salvou com um chutão. Aos 39min, o time colorado teve boa chance em cobrança de falta, mas Andrezinho cobrou na barreira. Aos 46min, depois de escanteio, Andrezinho cabeceou ao lado do gol, com perigo, no último lance da etapa inicial.

Adversário volta melhor

O Inter voltou com a mesma escalação para o segundo tempo. Já o Grêmio colocou Adílson no lugar de Ferdinando. O time do Olímpico tinha mais posse de bola nos instantes iniciais. Aos 5min, Neuton foi à linha de fundo e cruzou, a bola sobrou para Leandro, que dividiu com a zaga e quase abriu o placar. A bola passou ao lado do gol com muito perigo. Aos 10min, Jonas recebeu na esquerda, driblou Nei na área e chutou no poste direito.


Juan atuou no lugar de Kleber na sua estreia no clássico

Walter quase marca

Aos 14min, Walter deu um chutaço de fora da área e Victor salvou para escanteio, em grande defesa. No minuto seguinte, Alecsandro arriscou quase da mesma posição e a bola foi ao lado do gol. O Grêmio chegou com força aos 18min. Edilson cobrou falta, Jonas desviou com o bico da chuteira, a bola tocou na trave, no rosto de William Magrão e saiu pela linha de fundo. Na jogada seguinte, Walter recebeu na entrada da área e chutou rasteiro no cantinho para grande defesa para escanteio.

Bola parada surpreende

Aos 22min, Rodrigo abriu o placar para o Grêmio desviando de cabeça uma cobrança de escanteio. Aos 29min, D´Alessandro cobrou falta para a área e Alecsandro cabeceou ao lado do gol, com muito perigo. Quase o empate colorado. Aos 36min, William Magrão cabeceou no poste após cobrança de escanteio. Aos 42min, em novo lance de bola parada, Fábio Rochemback cobrou falta e Borges cabeceou para fazer 2 a 0. O Grêmio conseguiu a sua 120ª vitória em clássicos. A liderança absoluta nas estatísticas, porém, é do Inter com 143.


Torcida colorada incentivou o Inter do começo ao fim: no domingo que vem tem mais Gre-Nal

"Temos que esfriar a cabeça e temos tudo pra reverter no próximo jogo. Tomamos dois gols de bola parada", disse o lateral Nei.

"Temos que avaliar a importância das competições. A Libertadores dá de laço no Gauchão. Nos últimos sete Gre-Nais, ganhamos 5. A balança ainda está ao nosso favor. Mas evidente que o Grêmio pega um favoritismo por ter feito dois gols fora", disse o presidente Vitorio Piffero.

Internacional (0): Abbondanzieri; Nei, Bolívar, Sorondo e Juan; Sandro (Edu), Andrezinho (Giuliano), Guiñazu e D´Alessandro (Kleber Pereira); Walter e Alecsandro. Técnico: Jorge Fossati.

Grêmio (2): Victor; Edilson, Mario Fernandes, Rodrigo e Niuton; Ferdinando (Adilson), William Magrão, Leandro (Fábio Rochemback) e Hugo (Ozéia); Borges e Jonas. Técnico: Silas.

Gols: Rodrigo (G), aos 22min do segundo tempo, Borges, aos 42min do segundo tempo.

Cartões amarelos: Alecsandro, Guiñazu, Juan, Bolívar (I), Rodrigo. Leandro, Victor (G).

Público: 38.418 (34.744 pagantes) / Renda: R$ 782.150,00.

Arbitragem: Leonardo Gaciba, auxiliado por Altemir Hausmann e José Otávio Bittencourt.

Local: Beira-Rio, Porto Alegre.


Outras notícias
Loja Virtual