18/02/2010

Inter vence e é semifinalista da Taça Fernando Carvalho

O Internacional é semifinalista da Taça Fernando Carvalho. A equipe de Jorge Fossati venceu o Juventude por 2 a 0 na noite desta quinta-feira, pelas quartas-de-final da competição, no Beira-Rio. Alecsandro e Sorondo anotaram os gols colorados. O adversário do Inter já está definido; o Novo Hamburgo bateu o São Luiz também nesta quinta e garantiu vaga. A partida contra o Noia ocorre neste domingo (21/02), às 17h, novamente no Gigante.

E o primeiro tempo foi de blitz colorada! Logo no primeiro minuto, após cruzamento da direita, a bola sobrou para Edu soltar a bomba de dentro da área. O goleiro Silvio Luiz fez milagre e espalmou para escanteio. O lance foi apenas uma dose do que estava por vir. Aos 4 minutos, a rede da goleira do Juventude balançou! Guiñazu recebeu passe pela esquerda e, com qualidade, fez o cruzamento. Dentro da pequena área, Alecsandro subiu mais alto que o zagueiro e testou para o gol, 1 a 0! Foi o quarto do centroavante na temporada 2010; o 32º com a camiseta do Internacional.

A presão do time de Jorge Fossati continuou e os jogadores do Juventude se revezavam para fazer faltas e brecar os ataques do Inter. Tanto é que houve três cartões amarelos na etapa inicial; todos para atletas da equipe de Caxias do Sul. Aos 16min, em contra-ataque colorado, Nei dominou a bola pelo lado direito e a colocou na área. Edu, naquilo que é sua especialidade, testou à direita do gol do Juventude. Aos 21 e aos 31, Alecsandro criou duas oportunidades para ampliar a vantagem. Na primeira, aproveitou rebote do chute de Sandro mas Silvio Luiz pegou. Na segunda, ele finalizou de cabeça mascado para fora após cruzamento de Kléber.

Outro lance legal do primeiro tempo ficou por conta do telão do Beira-Rio. Perto dos 40 minutos, os torcedores colorados viram imagens de D'Alessandro e Pato Abbondanzieri nos camarotes do Gigante, assistindo à partida do Intenacional. O meia segue se recuperando de uma lesão no rosto, sofrida justamente no confronto contra o Juventude na fase de grupos. Já Pato é o novo reforço do Inter; goleiro vindo do Boca Juniors, da Argentina, e apresentado no início da noite desta quinta.

A etapa inicial já estava terminando com 1 a 0, mas Alecsandro fez uma bela jogada no último minuto. O autor do gol do Inter deu um chapéu no seu marcador e chutou para defesa de Silvio Luiz. Um lindo lance que arrancou aplausos da torcida do Inter. Assim encerrou-se o primeiro tempo.

Cabeça de Sorondo e estreia de Kléber Pereira

O segundo tempo começou mais morno. O primeiro grande lance foi ocasionado pelo Inter aos 19min. O goleiro Silvio Luiz fez um milagre. Nei avançou pela direita e cruzou para Kléber testar na cara do gol. O goleiro do Juventude espalmou para escanteio. Mas se não foi nesta oportunidade, o gol nasceu na seguinte. Kléber cobrou escanteio rápido e deu passe para Sandro tocar de cabeça para dentro da área. Sorondo (foto ao lado), bem posicionado e dentro da pequena área, finalizou para as redes, 2 a 0! Foi o quinto gol do defensor uruguaio pelo Inter.

A partir daí, o Internacional adminstrou bem a vantagem. E o restante da etapa final ficou marcada pela estreia de um novo reforço colorado. Kléber Pereira, aos 31 minutos, ingessou no gramado do Beira-Rio substituindo o atacante Edu. O jogador se movimentou bastante, mas não conseguiu uma chance para concluir a gol.

O lance lamentável ocorreu no final do jogo. Leandro Damião, que havia entrado no lugar de Alecsandro, estava sozinho pela lado esquerdo. O atleta então partiu para a jogada individual e fez a chamada "lambreta" pra cima de Diego Rosa. O lateral do Juventude derrubou Damião e o volante Julio César foi junto e o agrediu no chão. O árbitro Anderson Daronco expulsou o jogador do time de Caxias do Sul. Fim de papo! Inter 2x0 Juventude. E vaga confirmada às semifinais da Taça Fernando Carvalho.


Jorge Fossati conversa com o estreante da noite no Beira-Rio, Kléber Pereira

Entrevistas pós-jogo

"É uma importante vaga que conquistamos! Fizemos um bom jogo e vamos em busca de uma vitória neste domingo", afirmou Giuliano.

"Agora é continuar buscando o título. Sobre jogar com o Alecsandro, é um baita jogador e me senti bem em atuar com ele. Tomara que possa continuar assim e eu buscar meu espaço", desejou Kléber Pereira.

"Estamos formando um grupo e vamos em busca do título. Vai ser outro jogo difícil contra o NH e temos que ficar atentos", alertou Kléber.

"Vamos descansar agora. Temos que pensar no Novo Hamburgo no domingo. Cansei bastante no jogo de hoje mas foi bom e deu para ir até o final", avaliou Nei.

Palavra do técnico Jorge Fossati

"Ficamos com esta situação agora. Teremos que poupar alguns jogadores contra o Novo Hamburgo. Para domingo, a gente vai ter que jogar com outro time que não atuou hoje, visando preservar nossos jogadores. Não gostaríamos de fazer isso, mas não temos outra solução, já que há uma estreia importante na Libertadores da América contra o Emelec na terça-feira (23/02)."

"Sobre Abbondanzieri, ele tem chance até de jogar no domingo. Ele deve estar cansado por toda burocrcia que é assinar um contrato, mas a documentação deve ficar pronta até sexta e vamos colocá-lo dentro das possibilidades. A partir do momento que ele ficar em condição para jogar, vai jogar."

"Independente da tática do time, é importante que a equipe atue bem e tenha um bom volume de jogo. Nosso grupo nos permite possibilidades de variantes e isso o Inter tem de sobra."

"Quanto a Libertadores, o Inter tem condições de enfrentar seus advesários. Podemos ainda melhorar. Já tenho 24 jogadores na minha lista de inscritos para a competição. Falta o número 25. Quero ver qual deles faz mais falta para a gente. Sobre o Emelec, com certeza, vocês vão ver um time que tem experiência, começando pelo goleiro. Mesmo assim, o Internacional tem qualidade para vencer."

Ficha técnica

Internacional (2): Lauro; Bolívar, Sorondo e Danilo; Nei, Sandro, Guiñazu, Edu (Kléber Pereira) e Kléber; Taison (Giuliano) e Alecsandro (Leandro Damião). Treinador Jorge Fossati.

Juventude (0): Silvio Luiz; Diego Rosa, Fred, Victor e Calisto; Julio César, Goiano (Edenilso), Lauro e Bruno (Gustavo); Hiago (Gustavo Goiano) e Marcos Denner. Treinador Osmar Loss.

Gols: Alecsandro (I), aos 4 minutos do primeiro tempo. Sorondo (I), aos 20 minutos do segundo tempo.

Árbitro: Anderson Daronco, auxiliado por Altemir Hausmann (Fifa) e João Lúcio Júnior.

Cartões amarelos: Fred (J), Goiano (J) e Bolívar (I).

Expulsão: Julio César (J).

Local: Beira-Rio, Porto Alegre

Público: 11.149 torcedores

Renda: R$ 205.685,00


Outras notícias
Loja Virtual