20/12/2009

Brasileirão Sub-20: Inter deixa vaga escapar nos pênaltis

O Internacional está fora do Brasileirão Sub-20. O time júnior empatou sem gols com o Grêmio no tempo normal do jogo válido pela semifinal, na tarde deste domingo, no Estádio Passo D'Areia, em Porto Alegre. Nos pênaltis, o Inter acabou sendo derrotado por 5 a 4 e deixou escapar a chance de disputar o bicampeonato.

O primeiro tempo foi bastante equilibrado. Os dois times deram atenção especial à marcação intensa, principalmente no meio-campo. Raras eram as chances de gols, já que pouco se criava no plano ofensivo. O calor intenso -  cerca de 34°C - era outro fator que contribua para a baixa produção dos jogadores em campo.

Aos 4min, o volante colorado Milton Júnior chutou da intermediária e a bola passou ao lado do gol gremista. Aos 8min, após boa troca de passes no meio-campo, foi a vez do volante André experimentar o chute de fora da área. O goleiro gremista Busatto defendeu sem problemas. No minuto seguinte, um lance polêmico: Samuel invadiu a área pela direita e foi derrubado pelo goleiro. Pênalti claro não marcado pelo árbitro Leandro Vuaden.

Os chutes de fora de área seguiam sendo uma boa alternativa. Aos 22min,  Tales chutou colocado e a bola passou muito próxima à trave esquerda. Aos 30min, Ricardo Maria, do Grêmio, fez boa jogada e chutou para defesa segura de Rafael Copetti. Os 15min finais do primeiro tempo foram mornos, sem praticamente nenhum lance perigoso. Aos 48min, o lateral Dener chutou ao lado do gol colorado, na última tentativa da etapa.

O clássico ganhou em movimentação no segundo tempo. Aos 2min, Dener chutou com efeito da intermediária e Copetti defendeu para escanteio. Aos 5min, Samuel foi novamente derrubado pelo goleiro Busatto na área, mas desta vez a arbitragem marcou pênalti. André cobrou no cantinho direito, mas o goleiro gremista conseguiu fazer a defesa.

Aos 12min, Neuton cobrou falta de longa distância e Copetti defendeu em dois tempos. Aos 20min, Almir carregou a bola pelo meio, passou pela marcação e arriscou o chute da entrada da área. A bola passou ao lado do gol. Aos 31min, Sérgio cobrou falta em direção à área colorada e Copetti espalmou para escanteio.

O Inter encontrava dificuldades para sair do seu campo de defesa. O Grêmio adiantou a marcação e complicou a saída de bola colorada. No entanto, o setor defensivo anulava bem as investidas do adversário. Com este panorama, a decisão da vaga à final acabou indo para os pênaltis.

Inter e Grêmio converteram as quatro primeiras cobranças. No quinto chute, Alex cobrou e o goleiro Busatto defendeu para o Grêmio. Na cobrança seguinte, foi a vez do goleiro colorado Copetti brilhar: o camisa 1 do Inter defendeu o chute de Vinícius.

Nas cobranças alternadas, Leozão chutou para o Inter e Busatto defendeu no canto direito. Neuton cobrou para o Grêmio e faz 5 a 4, garantindo a vaga na final. O Grêmio decidirá o título com o Atlético-MG, que eliminou o Fluminense, também nos pênaltis, na outra semifinal.

Internacional: Rafael Copetti; Leozão, Nando, Bregalda e Forster; André (Rodrigo), Milton Júnior (Anderson), Tales (Willian) e Almir; Fabinho (Alex) e Samuel. Técnico: Marcelo Estigarribia.

Grêmio: Busatto; Spessato (Fogaça), Saimon, Neuton e Dener; Felipe, Fernando (Gérson), Bruno Renan e Ricardo Maria (Sérgio); Bérgson (Vinícius) e Alex (Everaldo). Técnico: Andrey Lopes.

Cartões amarelos: Felipe, Busatto, Dener, Gérson (G); Milton Júnior (I).


Outras notícias
Loja Virtual