24/11/2009

Sucesso: Vermelhos - História e Paixão emociona os colorados

Por Aleco Mendes (texto)
e Alexandre Lops (fotos)

Presente, passado, dramas, glórias, emoção e paixão, assim podemos descrever a trajetória centenária do Internacional contada no espetáculo teatral em cartaz no principal palco gaúcho. O Theatro São Pedro ficou repleto de colorados na noite desta terça-feira para ver a estreia de Vermelhos – História e Paixão. Enquanto gravávamos para a TV Inter os bastidores (veja o vídeo no link abaixo), o palco momentos antes do início da apresentação dos atores, o público chegava ao teatro e ocupava os seus lugares. Prestigiaram a estreia dirigentes do Clube, artistas da dramaturgia, músicos, torcedores e sócios do Internacional.


A vida de Henrique Poppe Leão (E) antes de fundar o Sport Club Internacional

Todos se divertiram muito, choraram, riram e também conheceram um pouco mais sobre a história colorada. Como no momento em que o fundador Henrique Poppe Leão sugere o nome Sport Club Internacional para o novo time de futebol de Porto Alegre. E os colorados aplaudiram calorosamente a sensacional jogada... ou melhor, a inesquecível cena protagonizada por Henrique Poppe Leão. A peça Vermelhos – História e Paixão é um belíssimo presente de aniversário ao Internacional em pleno ano do Centenário. "Esse é o pioneirismo tradicional do Inter, agora o único clube do mundo com uma peça de teatro oficial", comemora o ator Zé Victor Castiel.


Theatro São Pedro lotado de colorados na sessão de estreia de Vermelhos

De forma magistral, mistura drama, musical e comédia para relembrar momentos únicos dos cem anos do Clube. Emociona como na ocasião da vinda da família Poppe para a capital gaúcha. De forma envolvente, como se nos teletransportassem para 1909 para presenciar a escolha das cores e o nome do hoje campeão de tudo. Contextualiza com a história do Rio Grande do Sul e do Brasil. Fala do surgimento do ídolo Paulo Roberto Falcão e, claro, relembra a ansiedade, o gol de Adriano Gabirú e depois a festa do título mundial no Japão.


Seleção de atores e músicos de ponta para encantar com a história centenária do Inter

O presente e o passado se fundem na paixão. A pulsação do espetáculo vem da música. Hinos e outras trilhas temperam a emoção das cenas da torcida, do carnaval, da serenata e das festas. Vermelhos acontece durante uma partida de futebol. O espetáculo é apresentado em 13 músicas, que passam por nomes como Chiquinha Gonzaga e Pixinguinha. O ápice é o hino do clube.

Após a apresentação, os atores estavam tomados pela alegria, contagiados pela paixão de torcedores colorados, por encenar a maravilhosa história do Inter. O elenco inclui a turma da peça Homens de Perto, Zé Victor Castiel, Rogério Beretta e Oscar Simch, os atores Álvaro Rosacosta, Gustavo Razzera, Simone Rasslan, Sofia Schul, Suzete Castro Martinez, Vinicius Cáurio e Williams Martins. Escrita por Arthur José Pinto e dirigida por Néstor Monastério. Uma trupe que vai emocionar qualquer colorado.


Momentos importantes e gloriosos dos cem anos do Inter emocionaram na estreia de Vermelhos

Saiba mais sobre a peça:

VERMELHOS - HISTÓRIA E PAIXÃO

Sinopse

São Paulo, no início do século: a família Poppe agita-se ante a inauguração da rede elétrica. Porto Alegre, dezembro de 2006: na redação de um jornal, o faxineiro Vito e o jornalista Chico Bola disputam um radinho de pilhas, para acompanhar a final do Mundial de Clubes.

O surgimento do Internacional acontece pela ousadia e idealismo de Henrique Poppe. Na redação do jornal, em 2006, Chico Bola, inconformado por ter sido preterido da equipe de cobertura do Mundial, é acolhido pelo velho colorado. São dois homens experientes, revivendo os sonhos gloriosos de um passado, sempre presente.

Vermelhos mostra o outro lado de uma vitória, no presente, e outra no passado. Henrique Poppe se mantém a frente do seu sonho, até a vitória do primeiro Gre-Nal. Chico Bola descobre o sentido da paixão e Vito dribla as peripécias de seu coração e se enche de vida, por não ter caído, diante de um fulminante estado de felicidade.

Ficha Técnica
Elenco: Álvaro Rosacosta, Gustavo Razzera, Oscar Simch, Rogério Beretta, Simone Rasslan, Sofia Schul, Suzete Castro Martinez, Vinicius Cáurio, Williams Martins e Zé Victor Castiel.
Direção: Néstor Monastério
Autor: Artur José Pinto
Figurinos: Daniel Lion
Preparação musical e arranjos: Simone Rasslan


Outras notícias
Loja Virtual